Blog do Rovai

28 de junho de 2013, 19h11

Porta dos Fundos x PC Siqueira, o que isso significa?

PC Siqueira fez um excelente vídeo a partir do contexto das atuais mobilizações no Brasil que postei aqui no dia 24. Na base do humor, ele explica para o público o que é ser de direita e de esquerda. E ainda se dá ao luxo de ao final provocar a reflexão, também com humor, sobre o fenômeno da dinâmica de turbas. Em meio a uma passeata, alguém manda PC Siqueira ir tomar naquele lugar. E de repente todos repetem o grito de guerra em uníssono: PC Siqueira vai tomar no…

O humor de PC Siqueira pode até ser questionado, mas não fulaniza e nem acusa levianamente ninguém. E, mais do que isso, ainda politiza o debate. Quem discordar daquilo que ele define como direita e esquerda pode ir à luta para questioná-lo.
Desde ontem um novo vídeo busca fazer outra “reflexão” bem-humorada dos protestos. É da turma do Porta dos Fundos e está postado aí embaixo. Mas neste caso, a história é bem diferente.

Uma mulher, clara alusão à presidenta Dilma, coordena uma reunião de ministério propondo uma redução momentânea na corrupção. Há uma revolta generalizada entre os políticos presentes. Um ator, com cara de Feliciano rasga papéis, outro dá tapa na mesa e ao final, após garantias de que poderão compensar as perdas mais pra frente, roubando mais, topam reduzir temporariamente as falcatruas.

Veja também:  Moro passa pela prova do Senado, ganha fôlego, mas deixa um fio desencapado sobre os dados do Telegram

Mas, como se isso não bastasse, o encerramento da esquete se dá com a seguinte pergunta feita pelo personagem representado pelo ator Fábio Porchat: “E quem é que vai falar para o Lula?”

Ou seja, o “chefão” estaria sendo contrariado.

Esse vídeo do Porta dos Fundos, que já tem quase 2 milhões de views, permite algumas reflexões.

Em primeiro lugar, o Porta dos Fundos pode estar fazendo só humor, mas também pode estar a serviço de um grupo que tem interesse em demonizar Lula e Dilma. Até porque só os dois políticos são “esculhambados” de forma direta. Uma mulher presidindo a reunião só poderia ser Dilma . E Lula é citado textualmente.

Tornou-se relativamente comum na rede a compra de editorial. Agências de publicidade costumam procurar blogueiros de nichos específicos para promover seus produtos. Quem primeiro levantou essa lebre foi o Futepoca, num post que fez história e onde eles desmascararam uma ação da Nike para promover o então jogador Ronaldo.

No segmento de beleza, várias blogueiras já foram desmascaradas por leitoras ou outras blogueiras exatamente por não avisarem seus leitores que o texto a respeito de um certo produto foi pago por uma agência no contexto de uma campanha.

Veja também:  Capa de revista francesa sobre a Copa do Mundo Feminina divide internautas

Este vídeo do Porta dos Fundos seria apenas humor? Ou foi encomendado por um grupo político que se beneficiaria das acusações contra Dilma e Lula? Por que ao invés de ficar apenas nas generalizações é tão direto contra Dilma e Lula? Alguém de Minas teria relação com este vídeo?

Outra reflexão é de a de que a trupe do Porta dos Fundos teria um chilique caso Lula, por exemplo, viesse a processá-los por ter sido acusado de forma direta de chefe dos ladrões. Diriam que isso é a volta da censura, afinal, onde já se viu não poder chamar alguém de chefe de quadrilha…

Além dessa questão, há outra reflexão a se fazer: a internet vai ser a bola da vez da próxima eleição presidencial. E, como sempre, a direita nessas horas costuma ser muito mais rápida.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum