Blog do Rovai

02 de novembro de 2012, 00h32

PSDB não elegeu prefeito de capital no Sul, SE e Centro Oeste

Quase uma semana após o término das eleições municipais, agora é o momento de olhar com atenção e calma para os seus resultados. Neste primeiro post, serão avaliadas as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, onde o PSDB não elegeu nenhum prefeito de capital.

Sudeste

Vitória/Espírito Santo  

Eleitorado: 255.367

Em Vitória, o candidato do PSDB, Luiz Paulo, foi derrotado por Luciano Rezende, do PPS. Rezende substitui, a partir de 2013 o atual prefeito, João Coser, do PT.

Rio de Janeiro/Rio de Janeiro

Eleitorado: 4.619.607

No Rio de Janeiro, o PSDB teve um resultado pífio, com o candidato Otávio Leite recebendo 2,47% dos votos, o que evidencia que apenas 80.059 depositaram sua confiança no candidato tucano. O prefeito Eduardo Paes se reelegeu com 64,60% dos votos no primeiro turno, apoiado pelo PT, que elegeu o vice. Entretanto, a votação expressiva de Marcelo Freixo, do PSOL, mostra que há alternativa em terras cariocas.

Belo Horizonte/Minas Gerais

Eleitorado: 1.870.672

A única capital do sudeste onde o PSDB pode considerar-se em certa medida “vitorioso”  é Belo Horizonte. Márcio Lacerda, do PSB, foi eleito no primeiro turno, com 52,69% dos votos. Lacerda contou com o apoio de uma aliança robusta que, entre os 21 partidos coligados, estava o PSDB.

Veja também:  Boulos será coordenador de grupo de trabalho do PSOL para debater programa para as cidades

São Paulo/São PaulO

São Paulo, sem dúvida, foi a maior derrota tucana. A “cidade antipetista” elegeu  Fernando Haddad. Isso porque antes do PSDB definir seu candidato, Serra saiu das catacumbas tucanas para impor sua candidatura, adiar as prévias do seu partido, e apresentar-se como o único capaz de vencer o PT.

A campanha de Serra tentou de tudo: associou Haddad a José Dirceu e ao “mensalão” , criou joguinhos que atacavam o candidato do PT, montou uma rede social, importou do Rio de Janeiro o pastor Silas Malafaia, atacou o “kit gay”, e, por fim, tentou espalhar o boato de cancelamento do Enem. Nem mesmo com o Jornal Nacional dedicando 23 minutos para martelar o julgamento do “mensalão” na cabeça do eleitor, Serra foi capaz de vencer Haddad.

Enfim, o PSDB perdeu boa parte da sua força no Sudeste.

SUL

Curitiba/Paraná

Eleitorado: 1.172.939

A Prefeitura da capital do Paraná ficou com Gustavo Fruet, do PDT. A aliança vitoriosa em Curitiba foi formada por PDT, PT e PV. O candidato apoiado pelos tucanos, Luciano Ducci (PSB), sequer chegou ao segundo turno. Ducci tentava se reeleger na capital paranaense.

Veja também:  "Lula ainda tem muito a fazer pelo povo brasileiro", diz Carlos Lupi, presidente do PDT

Florianópolis/Santa Catarina

Eleitorado: 322.875

Em Florianópolis, o candidato apoiado pelo PSDB saiu vitorioso em uma decisão apertada. Cesar Souza Júnior, do PSD, foi eleito com 52,46% dos votos. Gean Loureiro (PMDB), candidato apoiado pelo atual prefeito, Dário Berger (PMDB), conseguiu 47,36% dos votos.

Porto Alegre/Rio Grande do Sul

Eleitorado: 1.076.263

Porto Alegre reelegeu já no primeiro turno, com 65,22% dos votos, o atual prefeito Fortunati, do PDT. O candidato tucano, Wambert Di Lorenzo, teve apenas 19.514 votos, equivalente a apenas 2,46% dos votos válidos.

Centro Oeste

Campo Grande/Mato Grosso do Sul

Eleitorado: 561.630

No Mato Grosso do Sul, a população da capital Campo Grande elegeu o candidato do PP, Alcides Bernal, que derrotou Giroto, do PSDC. Bernal teve 62,55% dos votos válidos no segundo turno. A partir de 2013, Bernal substitui o atual prefeito, Nelsinho Trad, do PMDB.

Goiânia/Goiás

Eleitorado: 850.777

Goiânia elegeu o petista Paulo Garcia já no primeiro turno, com 57,68% dos votos. O candidato apoiado pelo PSDB, Jovanir Antunes (PTB), teve apenas 14,25% dos votos válidos. Garcia se reelegeua partir

Veja também:  Prévias nas cidades é saída para unidade do campo progressista em 2020, por Theófilo Rodrigues

Cuiabá/ Mato Grosso

Eleitorado: 397.626

Já Cuiabá elegeu Mauro Mendes no segundo turno, com 54,65% dos votos. O candidato do PSB derrotou o petista Lúdio, que teve 45,35% dos votos válidos. Mendes substitui o atual prefeito, Francisco Bello Galindo Filho, do PTB.

Placar por partido – Sudeste

PT – 1 (São Paulo)

PSB – 1 (Belo Horizonte)

PMDB – 1 (Rio de Janeiro)

PPS – 1 (Vitória)

Placar por partido – Sul

PDT – 2 (Curitiba e Porto Alegre)

PSD – 1 (Florianópolis)

Placar por Partido – Centro Oeste 

PT – 1 (Goiânia)

PP – 1 (Campo Grande)

PPS – 1 (Cuiabá)

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum