20 de fevereiro de 2019, 14h59

Bloco tradicional do Rio diz em seu enredo que bebeu demais e viu “Jesus na goiabeira”

No ano passado, o Simpatia é Quase Amor esculhambou o prefeito Marcelo Crivella. A vítima desta vez será Damares Alves. Ouça aqui

Foto: Reprodução
O bloco carioca Simpatia é Quase Amor, conhecido por levar milhares de foliões à praia de Ipanema no carnaval, completa 35 anos de folia e está de volta. Se, no ano passado, o Simpatia esculhambou o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, a vítima da vez será, entre outras, a ministra da Família Damares Alves, que disse ter visto Jesus ao subir numa goiabeira. O refrão do samba, composto por Janjão Pimentel, Jorgito Sapia, Beto Fininho, Ciraninho, Mellinho, Leandro Fregonesi, Mestre Penha e Tomaz Miranda, diz, pra animar a fuzarca: Fui tomar a saideira Acho que bebi demais, Vi Jesus...

O bloco carioca Simpatia é Quase Amor, conhecido por levar milhares de foliões à praia de Ipanema no carnaval, completa 35 anos de folia e está de volta.

Se, no ano passado, o Simpatia esculhambou o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, a vítima da vez será, entre outras, a ministra da Família Damares Alves, que disse ter visto Jesus ao subir numa goiabeira.

O refrão do samba, composto por Janjão Pimentel, Jorgito Sapia, Beto Fininho, Ciraninho, Mellinho, Leandro Fregonesi, Mestre Penha e Tomaz Miranda, diz, pra animar a fuzarca:

Fui tomar a saideira

Acho que bebi demais,

Vi Jesus na goiabeira

De amarelo e lilás

O enredo do bloco, que sai no pré-carnaval, no próximo sábado (23) e no domingo de carnaval (03/03), na Praça General Osório, tem o sugestivo nome de “Ninguém manda no meu carnaval” e traz em um de seus versos referências claras pra dizer a que veio:

Ninguém vai calar meu carnaval infernal.
Nem pastor, nem capitão e nem juiz!

Ouça abaixo o samba do Simpatia, cantado durante a noite do lançamento da camiseta do bloco, na última sexta-feira, no Paz e Amor – Bar e Restaurante:

Ouça o áudio do samba abaixo: