Renato Rovai

Blog do Rovai

Coluna política



09 de janeiro de 2019, 14h53

Fórum Onze e Meia | Globo piscou para Mourão


09 de janeiro de 2019, 08h29

A guerra Globo x Bolsonaro e a cobertura do filho do Mourão

A Globo pode estar vendo mais longe que os brasileiros mortais e apostando no mercado futuro. Mourão pode ser o investimento para o que ela imagina ser uma possível derrocada rápida de Bolsonaro.



08 de janeiro de 2019, 11h54

Recuo na base americana mostra que quem manda no governo são os generais quatro estrelas

Este volta-atrás de Bolsonaro na questão da base americana pode significar outros "volta-atrás". Empresas estratégicas para o país, como a Petrobrás e a Eletrobras, não serão entregues da forma como deseja Paulo Guedes.


07 de janeiro de 2019, 09h41

Reposta de Dilma ao general revelou um dos principais erros do seu governo

Quando Snowden denunciou ao mundo que os EUA utilizavam a NSA para investigar a Petrobras e o governo brasileiro, Dilma afirmou que a GSI e Abin não tinham ideia do que estava ocorrendo. E o que ela fez naquele momento?


06 de janeiro de 2019, 08h14

Cortina de fumaça e lacração, podemos e devemos ser melhores do que isso

É preciso ouvir a senhora que vai aos cultos todas as quartas e domingos e trabalha como faxineira seis vezes por semana. Sua condição de evangélica não pode ser usada como forma de oprimi-la e silenciá-la por aqueles que se consideram a elite dos oprimidos. Não basta construir projetos progressistas. Eles precisam ser populares. Saber dialogar com o sentimento de uma nação é o xis da questão.


03 de janeiro de 2019, 10h47

Impeachments de Trump e Netanyahu podem desmontar governo Bolsonaro

Informações que o blogueiro recebeu de uma importante liderança política brasileira que esteve recentemente nos states é de que no establishment já discute sem cerimônia o impeachment para este ano. Trump teria perdido base social.


01 de janeiro de 2019, 18h06

Posse é um show de horrores, mas ao mesmo tempo altamente populista

E a grande novidade é que Michele Bolsonaro não será uma primeira-dama decorativa. Ela falou antes do novo presidente usando a linguagem de libras. São 25% dos brasileiros com alguma deficiência. E 5,4% de surdos. Não é pouca coisa.