Lobão e o seu Banana’s Party colocam PSDB numa cilada histórica

Nos EUA o movimento chama-se Tea Party, mas como aqui não somos bebedores de chá, vou batizar o movimento liderado de Lobão de Banana´s Party

tea partyCostuma-se dizer que o Brasil não é um país para amadores. Mas o fato é que eles abundam em terras tupiniquins. E mesmo no universo da política, onde o mais bobo consegue consertar relógio suíço num quarto escuro e com luva de box, cada dia surgem novos nomes invocando-se líderes de um pedaço da população e falando em nome dela. Os recrutas de turno atendem pelas alcunhas Lobão, Roger, Danilo Gentile, Reinaldo Azevedo, Luciano Hulck, Ronaldo Fenômeno e figuras que conseguem ser ainda mais caricatas como um tal de Olavo de Carvalho, que se apresenta como filósofo, e Rodrigo Constatino, que nem se apresenta porque não sabe terminar uma frase.

Eles se tornaram os ídolos dos verdadeiramente desinformados. Aqueles que leem Veja, gostam de piadas racistas e fascistas e que reproduzem chorume pelas plataformas de rede sociais.

Os novos heróis do Brasil que clama por intervenção militar nada mais são do que a tentativa de reproduzir um movimento que levou (pasmem!) o Partido Republicano a perder não só eleições, mas o eixo. Nos EUA, esse movimento ultra-direitista conhecido como Tea Party tem como centro de seu discurso a redução dos impostos, mas para dar molho à sua tese também defende o criacionismo, porque Deus é o pai de todos, e a guerra, porque ela geraria empregos. Para a turba que de vez em quando sai às ruas americanas para protestar, Obama é o principal alvo por ser um comunista radical. Isso mesmo, você não leu errado. Não é a toa que eles acham o PT um partido de extrema esquerda.

Como nos Eintervençao militarUA o nome do movimento é denominado de Tea Party e nossa terra não é exatamente caracterizada pela ingestão de chá, vou batizar o movimento liderado de Lobão de Banana’s Party (pode usar a vontade Lobão, não vou cobrar direitos autorais pela ideia). Banana’s Party tem muito mais a ver com o estilo dos manifestantes daqui. São uns covardes que não aceitam o resultado das urnas e querem uma intervenção militar.

Nos EUA esse movimento de direita emburrecida é centrado na luta contra os impostos. Mas aqui no Brasil como provavelmente boa parte da tropa é sonegadora, o que os une é o grito contra a corrupção e o PT. Para eles, o PT e sua estrela vermelha criaram a luta de classes. Sem o PT, garantem, os pobres não iriam querer deixar de ser pobres e os negros iriam continuar no seu cantinho.

Não há nada que incomode mais essa gente do que as palavras cotas e Bolsa Família. Se quiser fazê-los cair no chão e estribuchar use-as como se fosse alho contra vampiros. Elas são infalíveis.

O valor do Bolsa Família eles gastam numa taça de champanhe, mas consideram que ao garantir essa renda mínima para os mais pobres o governo petista transformou o Brasil num país de vagabundos.

É o Bolsa Família que os impede de continuar pagando os 200 reais de salário mínimo da época do FHC para suas empregadas domésticas e por isso eles não perdoam nem o Lula e nem a Dilma.

Quanto as cotas, aí o buraco é ainda mais embaixo. Elas são até mais assustadoras para a turma do Banana’s Party porque estão misturando seus filhos com os filhos dos pedreiros. Onde já se viu um garoto negro estudar na mesma faculdade da minha filha que foi criada como uma Barbie? E pior ainda, imagina minha filhinha que estudou em escola americana não entrar numa faculdade na qual o filho do pedreiro que estudou num colégio público entrou. Aí já é vandalismo. E por isso eles vão para a rua gritar contra o PT. E por isso eles apoiram fervorosamente a candidatura de Aécio Neves.

Mas como Aécio Neves perdeu, eles decidiram que cansaram de brincar com esse negócio chamado democracia. E que eleição é coisa de pobre e não tem a menor graça. A turma do Banana’s Party quer intervenção militar. Querem um governo que prenda e arrebente quem defender direitos humanos, direitos sociais, direitos de gênero etc. O pessoal do Banana’s quer no mínimo Lula e Dilma na cadeia. Mas preferem vê-los sendo eliminados por um batalhão de fuzileiros em praça pública.

O Tea Party americano quando sai às ruas é um pouco mais engraçado do que o Banana’s Party. A galera sai fantasiada. No Brasil, os Bananas apenas carregam cartazes com suas palavras de ordem facistas.

Mas você pode estar se perguntando. Você está assustado com o Banana´s Party, Rovai? Você acha que eles podem conseguir o impeachment de Dilma? Você acha que eles podem fazer os milicos de pijama (ou bananas?) saírem dos seus clubes militares e marcharem em direção ao Congresso?

Claro que não. Até porque o nome do movimento que alcunhei para que eles não fiquem por aí perambulando sem nome já denuncia o que essa turma é. E mais do que isso, qualquer coisa que for liderada por pessoas do nível do Lobão tende a ser no máximo uma piada.

A questão é outra. Creiam, estou preocupado com o PSDB. O partido fundado por pessoas como Mário Covas está se deixando sequestrar pelo mais tacanho conservadorismo e parece não se incomodar mais em ser associado a movimentos que clamam por intervenção militar. Isso é o mais assustador dessa história. Com todas as suas idiossincracias, sempre considerei os tucanos como um partido de liberais democratas. Agora, até isso já é algo a se duvidar.

Ou o partido reage e isola o Banana´s Party, deixando que as ovelhas do Lobão se organizem em torno de um Feliciano ou Bolsonaro ou o PSDB vai ser sequestrado por recrutas que juntam 500 pessoas na frente do Masp, mas que vão levá-lo a um fim desastroso.

O povo, amigos, é muito mais inteligente do que parece. E, entre outras coisas, o que ele rejeitou nas urnas em 26 de outubro foi o ódio. O ódio que escapa por todos os poros da turma do Banana´s Party. O ódio que move Bolsonaros e Felicianos. O ódio que pode fazer bem a extrema direita como projeto político, mas que não era a pedra de toque do PSDB.

Só há uma forma de o PSDB continuar a existir. É dizer claramente à sociedade que rejeita o Banana´s Party. E que condena veementemente suas posições. Ou é isso ou não há mais como não entender o partido como o centro das articulações de um movimento golpista.

No artigo

28 comments

  1. hahahhahaa Responder

    Quanta bobagem acabo de ler.
    Concordo com vc, apenas, quando diz que são reacionários

  2. Rodrigo Responder

    Análise perfeita! As bananas têm ódio da democracia, da inclusão social, da igualdade de oportunidades!

  3. meckatron Responder

    Pedir intervenção militar é coisa de IMBECIL mesmo, mas a grande maioria protestava contra a corrupção no governo federal e pediam o impeachment da Dilma, eles tem todo o direito ao protesto e não provocaram quebradeira e nem vandalismo, já fui em manifestações também e idiotas do tipo que quer um golpe militar existem dos dois lados aliás muita gente aqui apóia a Ditadura Militar Cubana.

  4. Anonimo Responder

    Parabéns por todas as palavras escrita nesta matéria, palavras de um verdadeiro jornalista realista. Uma matéria que merece as palmas de todos leitores e não leitores em pé. Quem diz isso é apenas um jovem de 18 anos que a partir de hoje torno-se fã da Revista Forúm. Parabéns !

  5. BATISTA NOGUEIRA Responder

    Perfeita analise, disse tudo Rovai.

  6. Riquelme Dias Responder

    O Lobão disse que seu próximo disco será: “Para Nóias e os Arautos do Evangelho na Terra do Picolé de Chuchu”, em rotação 45, o Show de estréia será em frente da editora Abril…

  7. Bete Responder

    O responsável pela mudança no PSDB se chama Aécio Neves!

  8. MARIANA Responder

    Renato nunca vi tanto absurdo… desculpe, o povo que voce chama de banana, fez uma manifestacao digna, justa, E nao e por causa de um imbecil que estava la aclamando por golpe militar que a manifestacao e as pessoas devam ser ofendidas. Nao concordamos com: populismo, bolivarianismo, corrupcao – por um simples motivo: a esquerda ja se provou um fracasso, 2- os empresarios se forem sufocados pelo custo Brasil nao mais irao gerar empregos, e ai nao havera mais dinheiro para os assistencialismos, precisamos de uma economia saudavel. Veja o que acontece em Cuba, Venezuela. Ninguem quer a volta militar mas sim um pais livre.

  9. Paulo Monteiro Responder

    Excelente análise dessa ação louca da direita brasileira no último sábado. Texto espirituoso e inteligente. Parabéns!

  10. SP: TUCANISTÃO Responder

    que horror… quem vai perder tempo com as papagaiadas do Lobão… será que ninguém se lembra dos PITIS esquerdistas que ele dava quando descobriu o óbvio, que existia uma cena musical independente das grandes gravadoras… tomem mais “fosfosol”, peguem suas antigas entrevistas, o cara é o maior otário, e agora virou chupador de milico por pura conveniência, e cá entre nós, que escuta as músicas deste boçal????

  11. Irineu Silva de Almeida Responder

    Eu concordo com quase tudo que você escreveu, menos em relação ao criacionismo, pois como cristão eu creio na palavra de Deus e ela não deixa dúvidas de que Deus trouxe a existência do que não existia, dizendo haja isso, haja aquilo e quanto ao homem, ele disse: façamos o homem a nossa imagem e semelhança. Mesmo não concordando com você, respeito sua opinião.

  12. luiz Responder

    Confesso que não cheguei até o final porque achei o texto longo e bem bobinho. Claramente o autor deve ter algum benefício governamental. Um típico jornalista chapa-branca. As vezes leio esses artigos pseudofilosóficoesquerdista para dar umas risadas, mas esse não tive saco, preferi ver uns vídeos antigos da família trapo no Youtube. Parabéns, quando meu filho tiver 5 anos vou mostrar seus textos bobinhos para ele se divertir.

  13. Cássia Responder

    Excelente composição de texto, boa fora tucanos, fora bananas….

  14. francisco soares Responder

    Admiro-me muito do RONALDO FENOMENO, os outros não conheço as origens, mas o Ronaldo? Bem que lá no passado caberia uma bolsa família.

  15. Fabio Responder

    Um dos grandes problemas no trato das questões políticas brasileiras é a incapacidade que temos de nos organizar em torno de uma ideia, assim como defender a nossa com argumentos e respeito.
    O brasileiro em geral se mostra aguerrido em ver suas ideologias vencendo os pleitos, assim como seu time de futebol. A analogia é velha, mas a paixão gera a defesa das ideias “por serem minhas” e não porque tenho argumentos para acreditar nela. Veja o texto e olhe como há um jogo de marketing da descaracterização do movimento analisado. Não estou aqui criando defesa de qualquer tipo. Mas a democracia, que parece defendida pelo autor, admite protestos como o ocorrido, assim como nos EUA há um partido nazista que em determinados momentos sai em passeata por lá (nos EUA é bem mais fácil criar um partido e ele pode se limitar a um grupo pequeno de pessoas).
    No processo de chacota do ato, retira do movimento faixas de alguns (como o da intervenção militar) e generaliza para todo o grupo. Como disse no começo, é impossível convocar pessoas para um protesto em torno de uma simples ideia, logo haverá ideais incontroláveis sendo propagados. O mote da manifestação não era esse, assim afirmado até pelo tal “herói” apontado no texto, Lobão, que já afirmou claramente a proposta. Apesar de uma figura pública, ali ele age como um cidadão indignado qualquer. Dentro do seu direito, diga-se de passagem. Quando eu estava na faculdade, participava de manifestações em prol de uma educação de qualidade e muitas vezes me deparava com bandeiras do MST, do PSTU e outros agrupamentos que não era de meu interesse e nem achava apropriado para o evento. Nem por isso deixava de ir e buscar o meu desejo de melhora da instituição onde estudava.
    Bom, mas o problema não é exatamente esse. O problema realmente é a paixão e a ausência de senso crítico de nosso povo. O objetivo final em termos de administração público já, há muito, se perdeu. O que importa atualmente é o posicionamento do indivíduo. Se ele é PT ou PSDB. Já há um mito embutido nessas siglas, como se o simples fatos de estarem no poder já significa uma transformação mágica do que eles pregam. O fato de nossa realidade ser o que é, isso é fantasia a ataques infundados da oposição.
    Gostaria de ver os apoiadores do PT (só para exemplificar) criticando, da mesma forma que fazem com essa manifestação ai, o fato do ex-diretor da Petrobrás, em seu depoimento, com áudio disponível, ter dito sobre o pagamento de 2% dos contratos para o partido. Isso é palpável e objetivo. Caberia uma perplexidade a mais. Além, é claro, de análises políticas aprofundadas sobre os rumos que estamos seguindo.
    Convido o professor, que apresenta um currículo apropriado, a fazer essas análises, de forma isenta e objetivando melhores formas de administrar o país, sem deboches e escárnios. Pelo bem da nação que vivemos.

  16. douglas Responder

    são burros

  17. Regina Responder

    UMA NOTA DE ESCLARECIMENTO

    Quero deixar bem claro, pela enésima vez,através desta pequena carta , a minha postura em relação ao que vem acontecendo no país :

    Em primeiro lugar , é necessário sublinhar que não faço parte de nenhuma liderança política. Sou um músico que ama seu ofício e minha participação nas manifestações é a de um cidadão indignado como qualquer outro brasileiro.

    Em segundo lugar , vale a pena lembrar que , nunca , jamais em tempo algum , apoiei uma ditadura e sempre disse e continuo a insistir que qualquer ditadura é injustificável.

    Partindo desse princípio , não haveria a menor possibilidade de ter o meu nome associado a golpe militar , intervenção militar ou coisa que o valha. Isso é uma forma tão cretina de reagir como ainda acreditar que Cuba é uma vítima dos EUA e que é “cool” sair por aí impunemente de camiseta de Che Guevara.

    Quem apóia uma ditadura não tem condição moral de ir contra nenhuma outra.

    Em terceiro lugar , jamais concordei com a ideia de separatismo ; amo meu país de norte a sul e todos os meus irmãos. É um absurdo querer apontar uma região como responsável pelo naufrágio político , social , moral e econômico que nos encontramos.

    Venho me manifestando veementemente contra a atuação lamentável do PT , sua militância fanática e violenta , suas falcatruas astronômicas , já impossíveis de se camuflar e sua evidente postura de impôr ao país um regime totalitário.

    Se uma democracia vive de seus três poderes independentes , então já não vivemos numa democracia há muito tempo.

    Se o Estado brasileiro deve ser soberano em suas ações , é evidente que não mais possuímos essas soberania. Temos um governo atrelado ao Foro de SP.

    Seria muita ingenuidade nós olharmos ao redor , na América do Sul e não percebermos o que estamos passando.

    Acredito que todo o brasileiro que tem o mínimo de vergonha na cara e o mínimo de informação está completamente indignado com essa presença inóspita e sombria a nos impôr suas doutrinas com cinismo e mentiras. .

    A imprensa oficial com rarísimas exceções , está completamente à mercê do governo e tudo alí é filtrado e deturpado.

    Portanto , o que acredito que temos de fazer é insistir na recontagem dos votos , não nos acomodarmos com um resultado imposto goela abaixo , pois quando há indícios inúmeros de fraude , é legítimo exigirmos transparência.

    Se somos obrigados a votar , temos o direito de saber o que acontece com os nossos votos.

    Esconder isso da gente nos aponta uma vez mais para um regime ditatorial.

    Assim acontece na Venezuela , na Bolívia no Equador e em todos os países fiiados ao Foro de SP.

    E se é inconstitucional um governo ser subalterno a uma instituição internacional , o PT não tem condições de governar o país.

    Se é inconstitucional enviar dinheiro para o exterior sem consultar o congresso nacional , a presidente da República não tem condições de governar esse país.

    O Brasil merece se desenvolver , se tornar uma grande Nação , seu povo merece viver uma prosperidade que nunca experimentou , ser unido e não viver refém de um ódio plantado por um partido que , para governar precisa dividir.

    E para sacramentar um assunto mais que adormecido , aos que cobram a minha partida do Brasil por , supostamente acharem que assim o prometi , é bom lembrar que ainda estando numa democracia , tenho pleno direito de ir e vir , trocar de opinião e manifestá-la quando quiser . E é bom acostumarem-se a essa realidade.

    Como pessoa pública me sinto na obrigação de me posicionar de maneira enfática por ter acreditado nesse parttido e feito companha de 1989 a 2002 para elegê-lo.

    E , ao contrário do que a militância petista quer acreditar , o meu histórico só fortalece a minha postura , pois estive lá dentro e sei do que estou falando.

    Continuarei a lutar por meus direitos , pela liberdade e pela democracia sempre no campo da legalidade.

    Que isso fique bem claro de uma vez por todas !

    E vamos todos juntos por um Brasil livre que a hora é essa!

    Lobão

  18. Nilton Cavalcanti Responder

    Como dizia Napoleão Bonaparte: Se o seu inimigo comete um erro não o atrapalhe! Boa Rovai !

  19. Geremias Responder

    Rovai, voce colocou o dedo na ferida. E, se o PSDB se permitir essa forma assistida de suicídio, nós todos ficaremos mal.

  20. Luís CPPrudente Responder

    O PSDB já mostrou a sua cara, é a nova UDN, um partido golpista e elitista.

    Dilma, corta as verbas publicitárias gastas com o PIG, você estará fazendo um bem enorme à Democracia.

  21. Maurício Responder

    Excelente texto. Estou preocupado também com o PSDB, e essa venezuelização da política, como disseram juízes e o próprio procurador Rodrigo Janot. É o fundo do poço pra eles.

  22. Edgar Responder

    “Ovelhas do Lobão” foi ótimo.
    (No antepenúltimo parágrafo)

  23. Ely Lopes Responder

    Muito bom o texto , pena que os reaças do “Bananas’party” não se darão ao trabalho de lê-lo! Parabéns ao autor! Peço licença para compartilhar.

  24. Elza Responder

    Parabéns por sua claríssima e bem fundamentada análise, Rovai!

  25. Benjamin Eurico Malucelli Responder

    Perfeito. O PSDB vai se ferrar como o movimento – muito bem nomeando por você – Banana’s Party. Como você diz, o povo não é bobo.

  26. Alessandra Responder

    QUANTAS PALAVRAS LÚCIDAS VOCÊ TEM O TALENTO DE ESCREVER!!! Parabéns! Não perco de lê agora.Continue assim …Incrível! Você disse muito bem.soube dizer o momento .dá asco essa gentalha odiosa burra !!! Retrógrados.
    .

  27. Rodrigo Responder

    Estou acostumado a ler merda patrocinado com dinheiro publico na uol e outros canais, mas, desta vez a análise é totalmente tosca. O Lobão acordou para a vida a pouco tempo, mas, ainda está sonhando e não conseguiu ligar os pontos. Quanto ao pessoal da intervenção militar, a única coisa que posso dizer é que nossos governantes atuais só estão no poder pq foram eles que fomentaram a criação de partidos de esquerda moderada em resposta a esquerda armada. Os militares estão totalmente entregues e não seriam capazes de honrar a constituição.
    No resumo da ópera, são anos e nos de desinformação promovida pela imprensa, universidades carregadas de esquerdismo e outras porcarias mais. Se quiser se informar no Brasil, tem que ler livros e artigos internacionais ou seguir pessoas independentes que realmente estudam o assunto. A questão é tão seria no Brasil que nossa história está sendo reescrita de acordo com a versão dos bandidos e promovendo a cultura da morte que se propagou em todos os cantos do mundo onde o marxismo e suas vertentes se manifestaram.
    Desculpe se fui rude com o autor, mas, deveria ter vergonha de escrever tantas mentiras e omitir fatos históricos importantes. Apenas para citar um exemplo, PT e PSDB são irmãos e possuem o mesmo objetivo, apenas discordam sobre alguns métodos. Chamar o Aécio de direita é a coisa mais irresponsável que já ouvi. Todos, eu disse todos os partidos no Brasil são de esquerda e o próprio Lula e FHC já admitiram isto várias vezes e esta imprensa patrocinada por estatais e dinheiro do contribuinte, teimam em criar uma atmosfera de rivalidade que nunca existiu.
    O mundo está em transformação e a imprensa nacional nada divulga. O nosso país tem um potencial de crescimento formidável, mas, com esta cultura da morte sendo inserida durante anos e anos, continuaremos a ser o esgoto do mundo, graças a jornalistas que ou realmente acreditam na ideologia que propagam ou simplesmente se fazem de companheiros por dinheiro. Nosso futuro como nação está sendo destruído por pessoas que não pensam como estadistas, mas, sim possuem um projeto de poder. Poder este que está acabando com a América Latina, graças ao populismo dos amantes do socialismo, estes mesmos que dizem ser democráticos, mas, censuram tudo e a todos que pesam diferentes e são liberais no sentido real da palavra.
    Tive uma formação tão esquerdista como qualquer brasileiro, mas, graças a Deus entendo que a liberdade não combina em nada com toda esta falácia doutrinaria. Aos que discordam, continuem nesta nuvem de mentiras, sua vida será cada vez mais dependente do estado até que no dia em que não forem mais uteis.