Renato Rovai

Blog do Rovai

Coluna política

01 de julho de 2018, 22h33

Esquerda volver no México: primeiras pesquisas de boca de urna mostram candidatos da frente de Obrador com ampla vantagem

Na cidade do México, por exemplo, a candidata Claudia Shimbaum, tem entre 55,5% e 47,5% na pesquisa. A segunda colocada tem entre 27% e 33%

(Foto: Divulgação)

Até o momento não saiu nenhuma pesquisa de boca de urna para presidente da República no México, mas tudo indica que o candidato da Morena, Lopez Obrador, vencerá a eleição. As primeiras pesquisas que estão sendo divulgadas são as para governos de estado.

A Televisa está divulgando apenas os resultados de estados onde a diferença entre o primeiro e segundo colocado está na casa dos dez pontos ou mais. E em todos, os até agora divulgados, os candidatos de esquerda estão aparecendo com ampla distância dos seus concorrentes.

Na cidade do México, por exemplo, a candidata Claudia Shimbaum, tem entre 55,5% e 47,5% na pesquisa. A segunda colocada tem entre 27% e 33%.

Em Chiapas, estado que em 1994 os zapatistas tomaram a prefeitura de San Cristobal de Las Casas e anunciaram sua revolução, o candidato da frente de Obrador, Rutilio Escandón, também tem ampla vantagem. Entre 51,7 e 43,%, contra 17,7% a 15,7 do segundo colocado. Em outro estado, Tabasco, a vantagem do candidato de esquerda ainda é maio. A pesquisa aponta uma vitória Adan Lopes Augusto por até 70% dos votos.

Evidente que as eleições para o governos não significam que Obrador terá vantagem tão ampla como seus correligionários, mas indicam que sua vitória está bem encaminhada.

Fórum continuará acompanhando o desenrolar da apuração.