#Blogs

14 de novembro de 2018, 18h00

Uma fantasia habitável em “Inferninho”

Cesar Castanha: “Inferninho” pode convidar uma leitura que entenda o filme como, ao menos, agenciando uma estética do realismo com a sua presente fantasia. Mas não há nada de realista no periférico apresentado”


13 de novembro de 2018, 22h48

Houston, we have a solution! (Houston, temos uma solução!)

Fernando Lara, em mais um artigo para o Urbanidades, analisa as eleições no Brasil e Estados Unidos: “Temos de voltar às bases, organizar cada bairro e lutar por cada vereador”


13 de novembro de 2018, 16h55

Psicologia de massas do fascismo

Gilberto Maringoni cita a obra “Psicologia de massas do fascismo”: “A mentalidade fascista é a mentalidade do ‘Zé Ninguém’, que é subjugado, sedento de autoridade e, ao mesmo tempo, revoltado. Não é por acaso que todos os ditadores fascistas são oriundos do ambiente reacionário do ‘Zé Ninguém’


12 de novembro de 2018, 22h19

Um café e uma conversa com “Temporada”

Cesar Castanha: “Em seus dois longas-metragens, André Novais Oliveira indica um projeto forte e coerente de cinema, que dá continuidade ao que já vinha sendo sugerido em seus excelentes curtas-metragens


08 de novembro de 2018, 14h35

#QueroSairDoBrasilPq: hashtag ganha as redes e aponta onda de fuga do país pós-eleição de Bolsonaro

"Nos últimos 30 dias, aumentaram mais de 350% as buscas relativas a como morar no Uruguai e 160% sobre imigração no Canadá."


04 de novembro de 2018, 13h32

Retrofascismo: na Guerra Híbrida o fascismo retorna como farsa

Em novo artigo Wilson Ferreira explica Fascismo histórico e Retrofascismo, leia


31 de outubro de 2018, 18h58

Beber é preciso

No blog de Mouzar Benedito, uma coletânea de frases sobre bebida; "Como suportar o mundo atual sem um vício? Não dá. A não ser para quem gosta dos rumos que as coisas tomam, o que não é o meu caso"


31 de outubro de 2018, 15h40

Pastor ‘Petralha’ e ‘Esquerdopata’: É melhor Jair me acostumando?

Pela tradição da democracia, caso o futuro Presidente transgrida os princípios constitucionais e ameace as liberdades, democraticamente serei oposição e serei resistência. Caso o Presidente fira os princípios rudimentares do Estado Laico, como alguém que ama a Deus, a Igreja e o País, eu vou gritar contra - Por Valdemar Figueredo


30 de outubro de 2018, 21h59

Nasce outra estrela em “Bohemian Rhapsody”

Bohemian Rhapsody (dir. Bryan Singer, 2018) estreia no Brasil nesta semana e o blog Milos Morpha já assistiu e preparou uma resenha crítica; confira


29 de outubro de 2018, 23h06

Vencemos no passado e venceremos no futuro

"Unimos a esquerda, os democratas, parte dos liberais, dos nacionalistas e dos que lutam por um Brasil socialmente justo"


28 de outubro de 2018, 10h41

Não estamos mais sozinhos. Agora somos multidão, multidões. Coloridas, alegres, enérgicas, confiantes!

Gilberto Maringoni: “Sofremos como cão sem mãe nos últimos meses. Hesitamos. Parecia que não ia dar e pensamos em jogar a toalha. Mas ultrapassamos a intimidação e a defensiva. Estamos vivendo dias e noites épicos, heroicos”


26 de outubro de 2018, 22h50

Polarização Bolsonaro x Haddad: Deixa Deus fora disso

Vote segundo a sua consciência, assuma as suas responsabilidades e para de encher o saco dos outros com moralismo tosco, seja de direita ou de esquerda!


26 de outubro de 2018, 15h45

“Esquerda precisa de um novo Goebbels?”, indaga Cinegnose na CEE-Fiocruz no Rio

Enquanto a esquerda mal compreendeu o funcionamento das mídias de massa no século XX, nesse século a direita dá um segundo salto tecnológico com a guerra semiótica no campo das tecnologias de convergência – Internet e redes sociais.


23 de outubro de 2018, 15h39

“ZapGate” é o último ato da guerra híbrida

Cinicamente a Globo chama de “guerra virtual” para encobrir o caráter assimétrico da batalha do disparo de milhões de notícias falsas com apoio empresarial pela campanha de Jair Bolsonaro - o "ZapGate"


22 de outubro de 2018, 15h38

Proféticas Lamentações do Brasil

“A minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos” ainda teremos que lidar com a agenda política dos nossos pais: ditadores, torturadores, medo, mordaça, execuções sumárias, falta de transparência, enfim, cativeiro. A onda reacionária no Brasil chegou com a força destruidora de um tsunami