#Blog do Valdemar

Valdemar Figueredo Filho (Dema). Cientista político e teólogo nas horas vagas. Místico de olhos abertos. Eventualmente poeta sem rima mas deslumbrado com o prosaico.

09 de março de 2017, 14h19

Entre o texto do Henfil e a caricatura do Noblat

Diante dos fatos recentes em que o país retrocede e descobrimos que a nossa democracia era tão frágil quanto a índole dos conspiradores, lembrei do Henfil. Os mais novos talvez só ouviram este nome na célebre canção de Aldir Blanc e João Bosco: “Meu Brasil que sonha com a volta do irmão do Henfil”. Trata-se […]


23 de fevereiro de 2017, 18h32

Globeleza vestida transgride a suruba

Ventila-se a hipótese, dado o estado de coisas, que o perigo eminente de nas próximas eleições ascenderem ao poder candidatos com “vocação fascista” é bem real. Ventila-se a hipótese, mediante os eventos recentes, que a soberania nacional será comprometida pela intervenção direta do governo estadunidense. Ventila-se a hipótese, tendo por base o noticiário, que a […]


21 de fevereiro de 2017, 13h17

Apatia cínica ou luta generosa?

Em 1808 a família real portuguesa desembarcou no Rio de Janeiro fugindo do cerco de Napoleão na Europa. A corte acompanhou D. João VI na travessia do Oceano. Uma questão prática de política pública de habitação: onde acomodar os nobres? A prepotência real foi sentida pelos nativos. A inscrição das letras PR nas portas significava […]


11 de fevereiro de 2017, 09h05

Sérgio Moro: herói ou blefe?

Lugar comum dizer que somos nossas circunstâncias com um amontoado de ambiguidades. Nada extravagante reconhecer que se tudo estiver na normalidade vamos nos contradizer outras vezes. Singularidade por singularidade, o que nos iguala é que somos em alguma medida contraditórios, seja lá qual for o padrão ético. A superexposição do juiz Sérgio Moro desperta a […]


13 de dezembro de 2016, 15h02

Violência: Igreja foi invadida e está ocupada

Invadiram a igreja. Derrubaram os castiçais e derramaram o incenso. Desta vez foi na igreja de São José. Mas não se trata de um episódio isolado, raro ou acidental. Acontece regularmente o uso da igreja para legitimar os movimentos reacionários na sociedade brasileira. O Estado com seu braço armado invadiu a igreja, pois precisava de […]


17 de novembro de 2016, 18h55

Aprendizes de feiticeiros

Mobilizam forças, mas as mesmas fogem ao controle. Misto de deslumbramento e terror diante das consequências dos seus feitiços. O que aconteceu na Câmara Federal e na Câmara Legislativa do Rio de Janeiro são dois extremos opostos. Os reacionários perderam a compostura e a vergonha e partiram para cima em Brasília. Funcionários públicos prevendo a […]


04 de novembro de 2016, 15h44

José Serra é notívago, mas se quiser pode dormir tranquilo

Diante da delação premiada que aponta o ministro José Serra (PSDB-SP) como beneficiário de propina, o que se espera do tribunal do juiz Sérgio Moro? Exatamente o comportamento que o magistrado vem adotando: – Firme nas investigações – Comedido nas conclusões – Discreto quanto à exposição de dados e acusações – Presunção da inocência Processos […]


20 de outubro de 2016, 13h04

O Bispo Crivella prefeito?

Em 2017, completam-se 500 anos da Reforma Protestante e, tudo leva a crer, será o primeiro ano do Bispo Crivella à frente da prefeitura da cidade maravilhosa. Na idade das trevas, a venda de indulgências por religiosos inescrupulosos feriu as sensibilidades de gente séria. Hoje no Brasil, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) […]


18 de outubro de 2016, 14h45

O Príncipe de Higienópolis entre milícias e mercenários

Parece que a cúpula do PSDB entrou no golpe já pensando na maneira mais adequada de sair. No dia em que o Michel Temer assumiu como interino a Presidência, o FHC deu o tom dizendo que, se não cumprisse as expectativas, o PSDB deveria “cair fora” (Jornal O globo, 13/06/2016). O Temer surpreendeu negativamente aos […]


26 de setembro de 2016, 12h46

O Príncipe de Higienópolis na disputa pela narrativa do golpe

FHC escreveu o livro “Pensadores que inventaram o Brasil”. Comentários pequenos sobre grandes autores como Joaquim Nabuco, Euclides da Cunha, Gilberto Freyre, Celso Furtado, Raymundo Faoro, dentre outros. FHC é ilustrado quanto aos clássicos da política. Certamente já leu aquele moço que sobre a natureza humana afirmou que os homens são volúveis e ingratos, sempre […]


17 de setembro de 2016, 18h32

A Força Tarefa da Lava a Jato caça Pokémon nas horas vagas

Não tenho provas, mas tenho convicção. Conheço essa linguagem de algum lugar… Lembrei! “Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem” (Hebreus 11.1). Não tenho provas, mas sei que o autor é um tal de Paulo de Tarso. Conheço as controvérsias sobre a autoria […]


10 de setembro de 2016, 16h34

A Divina Comédia na coxia do golpe

Na coxia improvisada do golpe, uma cena deprimente. Senhores que disputam poder no campo religioso fazem um minuto de paz na posse do governo golpista. Ecumenismo que Dante ambientaria nem no Céu nem no Purgatório. Veja o vídeo. Por mais que dialogue com o tomismo, Dante articula no seu texto bem mais as intrigas do […]


05 de setembro de 2016, 20h33

A “vanguarda” política do golpe do dia 31 de agosto de 2016

Temer é representativo do projeto de poder que os brasileiros querem ver implantado. Figura carimbada para construir a ponte para o futuro e nos guiar na travessia. O símbolo do líder de sucesso que justifica os meios através dos resultados. Cunha é representativo da qualidade do nosso parlamento. Enquanto alguns gritam palavras de ordem para […]


15 de agosto de 2016, 12h00

Palácio do Planalto Pirateado

Pilantras… Pilharam o parlamento Perfuraram o pré-sal Paralisaram a presidência Privatizaram o público Publicaram panfletos Provocaram pasmos Procrastinaram a previdência Perpetuaram a plutocracia Prejudicaram o país Pactuaram com o Plim Plim Enquanto isso… Pirralhos procuram Pokémon Pastores pechincham prosélitos Padres patrulham os párocos Professores pintam o portfólio Partidos postulam prefeituras Pajés pressentem o paradisíaco Policiais […]


09 de agosto de 2016, 13h02

O anel olímpico do conluio temer

“Telefone sem fio” é um termo que fala de uma brincadeira que caiu em desuso. Mas, quando crianças, sentávamos em círculo e cochichávamos no ouvido da pessoa ao lado para que ela transmitisse a seguinte. Previsível que o que fora emitido pelo primeiro chegasse ao último participante de forma distorcida. Nos tempos modernos, aparelhos de […]