#Milos Morpha

19 de dezembro de 2016, 13h45

Uma mulher dividida em duas: Elle, por Cecília Shamá

“Quando minha filha crescer eu torço para que ela seja uma tola – essa é a melhor coisa que uma garota pode ser nesse mundo, uma linda coisinha tola” – Daisy, O Grande Gatsby Quando Daisy diz essa sentença para Gatsby acerca do que espera para sua filha, e repentinamente muda do profundo vazio existencial […]


04 de novembro de 2016, 17h58

A morte de um rei em “A Morte de Luís XIV”

Luís XIV, o Rei Sol, principal referência do absolutismo na França, jaz com os olhos escurecidos e tez pálida em uma cama de lençóis e cortinas vermelhos enquanto vultos negros circulam ao seu redor. Este momento, um dos últimos das quase duas horas de duração de A Morte de Luís XIV (dir. Albert Serra), é […]


02 de novembro de 2016, 18h11

Sensibilidade e consumo em “Diamond Island”

Em meio às ocupações por estudantes em escolas e universidades, o IX Janela Internacional de Cinema do Recife tem trazido bons filmes para a discussão sobre espaço, territorialidades e ocupações, como já mencionei em dois outros textos publicados sobre esta edição do festival. A produção franco-cambojana Diamond Island (dir. Davy Chou), que integra a mostra […]


01 de novembro de 2016, 13h30

Nosso lugar em “Martírio”

A força de um filme como Martírio (dir. Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tita, 2016) — exibido no XI Janela Internacional de Cinema do Recife — é sugerida pelo impacto de suas sessões, mas, como em todo filme, não pode ser tão de imediato calculada. Se me for permitido um palpite, no entanto, diria que Martírio […]


21 de outubro de 2016, 13h44

Cinema Novo: o filme e o movimento

Texto realizado como parte da oficina de crítica Talent Press, realizada pelo instituto Goethe no Festival do Rio 2016 Em algum momento de Cinema Novo (dir. Eryk Rocha, 2016), Joaquim Pedro de Andrade comenta sobre o filme O Padre a Moça (dir. Andrade, 1965), falando brevemente de suas questões formais (o pouco movimento e o […]


24 de agosto de 2016, 15h26

Trump, Temer e Homer: a sátira como profecia, por Cecília Shamá

Em 2000, no episódio “Bart to the Future”, os Simpsons elegeram Donald Trump como presidente dos EUA. Toda a trama do episódio gira em torno do teor ridículo da manipulação à população quando esta é colocada para escolher seu governante. O desenho colocava a má gestão de Trump como resultado catastrófico das eleições norte-americanas e, […]


05 de agosto de 2016, 17h58

Stranger Things: uma carta de amor aos anos 1980, por Cecília Shamá

Talvez não haja uma definição do que é um bom amigo ou um amigo ruim; talvez existam apenas amigos, pessoas que ficam do seu lado quando você está magoado e ferido demais para se recompor sem ajuda. Aqueles pelos quais tememos que se machuquem, que se magoem, aqueles dos quais torcemos por. Nada de rótulos […]


03 de agosto de 2016, 18h54

A nação da carnificina

Filme do renomado diretor Matin Scorcese traz cenários de disputas de gangues nos EUA na época da abolição da escravidão. Por Lucas Procópio Caetano Para além da notória queda de braço entre o diretor Martin Scorsese e os produtores da Weinstein Company acerca do corte final, ou ainda a catastrófica montagem de gosto duvidoso de […]


17 de julho de 2016, 11h44

11 filmes de gênero que não devem ser esquecidos

O cinema de gênero é aquele produzido a partir de uma declaração das expectativas de seu público. Um musical, uma farsa, um filme de suspense ou terror funcionam sempre como uma leitura específica da estrutura do gênero a que pertencem. Eles podem negar convenções, subverter gestos tradicionais e, ao fazê-lo, até criar uma nova convenção, […]


23 de junho de 2016, 13h35

13 filmes infantis que não devem ser esquecidos

O cinema infantil sempre foi um dos gêneros mais rentáveis do cinema. Mas desde pelo menos o início dos anos 2000, quando a Dreamworks e a Pixar se consolidaram, a procura pelo gênero tem sido cada vez mais pautada pela superação técnica (que faz da animação tradicional, por exemplo, obsoleta aos olhos do mercado). E […]


14 de junho de 2016, 21h10

Invocação do Mal 1.5, por Lucas Procópio

Assim que teve seu nome associado com lucro garantido, o malaio James Wan ganhou uma espécie de carta branca dos estúdios, seja em projetos modestos ou em produções gigantescas de orçamentos estratosféricos, caso de “Velozes Furiosos 7” (2015) e o ainda inédito “Aquaman”. Outro fator que chama a atenção em sua filmografia é que dos […]


13 de abril de 2016, 12h21

E o Homem criou “A Bruxa”, por Cecília Shamá

“Que uma biblioteca famosa tenha sido amaldiçoada por uma mulher é motivo de total indiferença para ela. Venerável e calma, com todos os seus tesouros seguramente trancafiados em seu seio, ela dorme complacentemente, e no que me diz respeito, há de dormir para sempre. Nunca despertarei esses ecos, nunca buscarei hospitalidade, jurei enquanto descia os […]


03 de março de 2016, 08h15

“O Pecado Mora ao Lado”, um comentário sobre a censura

Em uma das primeiras cenas de O Pecado Mora ao Lado (The Seven Year Itch, dir. Billy Wilder, 1955), o protagonista Richard Sherman (Tom Ewell) vai a uma lanchonete e é atendido pela garçonete interpretada por Doro Merande. Recusando a gorjeta oferecida por Sherman, a personagem aproveita a deixa para militar a favor do nudismo. […]


16 de fevereiro de 2016, 08h59

As colinas vivas de “A Noviça Rebelde”

  Os primeiros planos de helicóptero em A Noviça Rebelde (The Sound of Music,Robert Wise, 1965) revelam pequenas porções da paisagem de Mellweg, na Bavaria: um paraíso verde e montanhoso, e cada novo aspecto dele parece confirmar uma composição de perfeita harmonia. A câmera agora revela pela primeira vez o que parece ser o todo […]


04 de fevereiro de 2016, 09h29

Apanhado do Cinema 2015

Táxi Teerã propõe uma questão: por que filmamos? O cinema, como uma arte agora já centenária, tem aprofundado esse questionamento já há algumas gerações. E boa parte do cinema contemporâneo tem se motivado a partir dessa questão. A obra-prima de Jafar Panahi é uma belíssima e delicada reflexão sobre o cinema, principalmente sobre o seu […]