Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

11 de junho de 2013, 18h36

A representação de Nacle contra Zagallo no Conselho Superior do Ministério Público: “Ainda há Advogados em São Paulo”

Por Reinaldo Del Dotore:

Diz a lenda que há uma famosa frase que teria ouvido Frederico II, Rei da Prússia, de um homem do povo a quem ameaçava confiscar a propriedade: “Ainda há Juízes em Berlim”.

Faço uma despretensiosa adaptação, para afirmar, satisfeito: “Ainda há Advogados* em São Paulo”.

Diante da manifestação do promotor de justiça paulista Rogério Zagallo (manifestação que já seria grotesca se oriunda de qualquer pessoa mas é inadmissível a um membro do “parquet” estadual), tomei ciência, há pouco, de representação disciplinar apresentada, no CNMP (Conselho Superior do Ministério Público), pelo advogado Ricardo Amin Abrahão Nacle, que, quis a sorte, tivesse sido meu professor nos bancos escolares a elucidar os meandros do Processo Civil, e, quer ainda maior sorte, seja hoje meu amigo pessoal.

Prezado Dr. Nacle: este seu eterno aluno e honrado amigo vê em sua atuação profissional estímulo para, num futuro não muito distante, colocar em prática o aprendido naqueles bancos escolares, ainda que já no entardecer da vida.

============

Aos amigos: acompanhemos o desenrolar da representação. O Brasil do Século XXI não comporta mais os Zagallos da vida, com exceção, talvez, do octogenário treinador de futebol.

* Não foi falha ao digitar – o “Advogados” com inicial maiúscula foi deliberado.
Leia a representação aqui: Conjur

Leia também:

Promotor Zagallo já afirmou em documentos que “ladrão tem de ir para o inferno” e que os homossexuais são abertos a ‘experiências ardentes’

Corregedoria Nacional do MP também instaura reclamação contra o promotor que fez incitação ao crime no Facebook

MP abre processo contra promotor que incita crime na rede sugerindo que a PM matasse manifestantes do MPL

Promotor sugere no Facebook que PM atire em manifestantes do Movimento Passe Livre que ele arquivaria inquérito!

MPL: “se a tarifa não baixar, a cidade vai parar”

Nota pública do Movimento Passe Livre sobre a luta contra o aumento

Nota à Imprensa: Movimento Passe Livre de São Paulo

Denúncia: Polícia impede que manifestantes presos do Movimento Passe Livre falem com seus advogados

Movimento Passe Livre: #ExisteAumentoemSP

Renato Rovai: “A revolta é de jovens. E muitos pobres. E com raiva. E isso ninguém me contou. Eu vi.”

Aos que querem desqualificar a luta da juventude por uma cidade de direitos

Sérgio Bruno: Ao promotor Zagallo, de colega para colega