Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

30 de janeiro de 2014, 18h33

Alô, alô Brasília cidadã: rolezinho dos diferenciados na SQS 204 e 205 da Asa Sul em defesa da construção de uma creche

Rodrigo Rodrigues me manda a  matéria do Correio Braziliense que reproduzo abaixo que relata que os moradores da SQS 204 e 205 da Asa Sul estão se organizando contra a construção de um Centro de Educação Infantil na Entrequadra.  Entraram inclusive no Ministério Público ( e no nível que se encontram nossos promotores é capaz de o MP lhes dar razão) dois prefeitos das quadras, por exemplo, já apoiam esses senhores de engenho, ops! do Plano Piloto.

É a Casa Grande que quer governo Padrão Fifa, mas quando o poder público vai construir uma creche (que certamente atenderia trabalhadoras que devem servir a estes mesmos moradores limpando suas residências) não quer criança pobre perto de seu local de moradia. O nível de umbiguismo  da classe média parece não ter limites. 

Rodrigo informa que contra esse absurdo da Casa Grande do Plano Piloto, acontecerá um ato favorável à construção da creche no local e em muitos outros locais que necessitam de espaços públicos para que as mães trabalhadoras possam ter a segurança de deixar seus filhos.

Observação: antes que um morador das referidas quadras que não coaduna com esta falta de cidadania e civilidade se sinta ofendido esclareço que na reportagem da tv tem uma professora que diz ser a favor, deve haver outros que certamente se juntarão aos manifestantes em defesa da construção da creche.

Link para o Ato no Facebook

Moradores se mobilizam contra a construção de creche na 204/5 da Asa Sul

Construção de unidade na entrequadra divide moradores da região. Uma denúncia foi entregue ao Ministério Público na tentativa de barrar a obra e recebeu o apoio dos dois prefeitos. Segundo eles, faltou conversa entre o governo e a comunidade

Ana Pompeu, Correio Braziliense

30/01/2014

Depois da polêmica envolvendo uma comunidade do Sudoeste contrária à revitalização de uma quadra esportiva na Quadra 104, a construção de uma creche na Asa Sul virou tema de divergência entre moradores vizinhos. Uma denúncia foi entregue ao Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) contra a obra na 204/205 Sul, e recebeu o apoio dos prefeitos das duas quadras. Mas outras pessoas ouvidas pelo Correio defendem a iniciativa da Secretaria de Educação. Na última quinta-feira, a área verde na entrequadra, em frente à Delegacia da Mulher, começou a ser cercada para o início da construção.

A pasta defende a creche como parte da ação para suprir a demanda não atendida de vagas na educação infantil. A Secretaria informou ainda, por meio da assessoria de imprensa, que, além da unidade da 204/205 Sul, o Plano Piloto vai ganhar outras duas creches: uma na 714 Norte e outra na EQN 202/203 Norte. A previsão de entrega é no fim de setembro.

O prefeito da 205 Sul, Artur Gomes, não aprova a unidade na entrequadra. “Sou contra a construção. Brasília não precisa de mais prédios”, defende. Para ele, a falta de conversa com a comunidade é um ponto crucial da polêmica. “O correto seria nos consultar para saber se aceitávamos ou não, afinal de contas, nós é que estamos do lado”, completa.

A prefeita da 204 Sul, Cleusa Joanna Bugni, já deu início a uma mobilização para tentar impedir a obra. “Todos os blocos da minha quadra estão por dentro do assunto. A minha comunidade está revoltada”, afirma. Na opinião dela, a creche fere a ideia original da cidade. “Deveríamos ter um clube de vizinhança, um espaço de convivência para os moradores que atenderia a 204/205 e a 404/405. Como nada foi feito nesse sentido, as pessoas marcam partidas de futebol, descem com cachorros e aproveitam para bater papo, tem um grupo de tai chi chuan”, exemplifica.

Assista à reportagem da TV Brasília no link citado do Correio Braziliense