Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

20 de abril de 2014, 13h25

Até o rebaixamento do Vasco só pode ser culpa do….. PT

Da série o que alhos tem a ver com bugalhos?

“Enfrentamos um adversário fechado, mas pelo menos gostei da nossa postura. São muitos fatores que prejudicam o desempenho. São coisas erradas no futebol brasileiro e ainda estamos engatinhando. Tento fazer a minha parte. Não é o ideal e precisamos analisar a situação. Não adianta ficar falando em lesões, calendário, competições extensas, gramado, viagens, arbitragem… Não vou consertar tudo. Mas tem gente achando o Brasil bom… Sou anti-PT”, afirmou.” Técnico do Vasco, Adilson Batista.

Talvez se não fosse uma besta quadrada em política não fosse um técnico tão incompetente.

Como ninguém pensou nisso antes? O calendário da CBF é uma porcaria há décadas, o Vasco vem sendo mal administrado há anos, agora caiu novamente pra Série B, e ontem estreou mal, num empate em casa com uma equipe de menor tradição. Isso para não falar que este treinador não foi bem em nenhum dos últimos clubes em que passou (São Paulo, Santos, Corinthians, Atlético PR). É óbvio que é culpa de tudo isso só pode ser…do PT. Hahahahaha. Wagner Iglecias

Técnico cita problemas após empate do Vasco e usa política: ‘Anti-PT’

Vinicius Castro, Do UOL, no Rio de Janeiro

19/04/2014

Técnico do Vasco, Adilson Batista não escondeu a insatisfação com a série de problemas para escalar o time antes do empate por 1 a 1 com o América-MG, neste sábado, em São Januário. A partida marcou a estreia cruzmaltina na Série B do Campeonato Brasileiro. Questionado sobre as lesões e o desempenho ruim durante os 90 minutos, o treinador citou até sua preferências política no discurso.

“Enfrentamos um adversário fechado, mas pelo menos gostei da nossa postura. São muitos fatores que prejudicam o desempenho. São coisas erradas no futebol brasileiro e ainda estamos engatinhando. Tento fazer a minha parte. Não é o ideal e precisamos analisar a situação. Não adianta ficar falando em lesões, calendário, competições extensas, gramado, viagens, arbitragem… Não vou consertar tudo. Mas tem gente achando o Brasil bom… Sou anti-PT”, afirmou.

Adilson lamentou apenas as escolhas do time no momento do último passe, o que impossibilitou a vitória na primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

“Temos consciência de que precisamos melhorar. As jogadas individuais e pelos lados são importantes. Vamos cobrando. Vi um time que controlou o jogo pelo menos no primeiro tempo. Sabemos os motivos dos nossos problemas. Não conseguimos fazer a opção correta após o gol de empate e quase sofremos o segundo gol no contra-ataque.”, encerrou.

O elenco vascaíno folga no domingo e segunda e retorna aos trabalhos na terça-feira pela manhã. O time enfrenta o Luverdense, sábado, às 16h20, na Arena Pantanal, pela segunda rodada do Brasileirão da Série B.