Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

07 de julho de 2013, 15h05

CENTRAIS SINDICAIS PARTICIPAM DE ENTREVISTA COLETIVA NA VÉSPERA DO 11 DE JULHO

CENTRAIS SINDICAIS PARTICIPAM DE ENTREVISTA COLETIVA NA VÉSPERA DO 11 DE JULHO

Na próxima quarta-feira (10), véspera do Dia Nacional de Luta com greves, paralisações e manifestações, representantes das centrais sindicais que promovem o ato participarão de entrevista coletiva, a partir das 19h, no Centro de Estudos Barão de Itararé (Rua Rego Freitas, 454, conjunto 13 – República – São Paulo/SP). Em pauta, a mobilização e a preparação para o 11 de julho. Confira as presenças já confirmadas:

-Vagner Freitas (presidente da Central Única dos Trabalhadores – CUT)

-Juruna (Secretário-Geral da Força Sindical)

-Ricardo Patah (presidente da União Geral dos Trabalhadores – UGT)

-Wagner Gomes (presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB)

-Ubiraci Dantas (presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil – CGTB)

-Zé Maria (Central Sindical e Popular Conlutas)

Entre as reivindicações da classe trabalhadora, estão:

– Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais, sem redução de salários

– Contra o Projeto de Lei 4330/04, que amplia as terceirizações e precariza os empregos

– Fim do fator previdenciário

– Valorização das Aposentadorias

– 10% do PIB para a Educação

– 10% do Orçamento da União para a Saúde

– Transporte público e de qualidade

– Reforma Agrária

– Suspensão dos Leilões de Petróleo

Outras demandas dos trabalhadores:

– Reforma política e realização de plebiscito popular

– Reforma urbana

– Democratização dos meios de comunicação

– Contra o genocídio da juventude negra e dos povos indígenas

– Contra a repressão e a criminalização das lutas e dos movimentos sociais

– Contra a aprovação do Estatuto do Nascituro

– Pela punição dos torturadores da ditadura

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum