Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

05 de fevereiro de 2013, 15h27

Da série boas notícias para a nossa Sampa: ciclovias e corredores de ônibus o/

Como diria Dilma Bolada: Eta prefeito El bonitón competente e sabido! Existe esperança para Sampa pós dupla demolidora higienista Kassab-Serra.

Clipping da Associação Nacional de Transportes Públicos

SP | O Estado de SP

05/02/2013

Novas faixas vão dividir espaço com ciclovias

Novos corredores de ônibus de São Paulo vão incluir ciclovias em seus trajetos

Os novos corredores de ônibus de São Paulo vão incluir ciclovias em seus trajetos. Mas os caminhos para os ciclistas não ficarão no canteiro central das avenidas e sim perto de suas calçadas. O secretário dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que os postes de iluminação e sustentação dos fios serão removidos para permitir que a faixa seja feita.
“Visualmente, não é legal você ter ciclovia no canteiro central. Então, em princípio, estamos descartando. Pode, eventualmente, ter em alguns casos”, disse o secretário. “Há uma determinação do prefeito para, onde der, enterrar a fiação, consertar a calçada e fazer essa integração com as bicicletas.”
Para a cicloativista Aline Cavalcante, é preferível ter ciclovias à direita, nas pistas, do que próximas do canteiro central. “A velocidade dos carros é menor à direita. No canteiro, é incômodo porque é o lado mais rápido e barulhento.” Outra dificuldade, explica ela, é ter de atravessar várias faixas para conseguir entrar em uma rua transversal.
Radial Leste. O corredor da Radial Leste, entre a região central e o bairro de Itaquera, na zona leste, também terá um projeto de ciclovia. Ainda não está claro se ele se incorporará à via para bikes já construída pelo Metrô em um trecho da avenida. Prometida há anos, a obra desse corredor está atrasada por causa de uma decisão judicial. A Prefeitura prevê iniciar a obra em março.
Tatto afirmou ontem, na audiência pública para a concessão do sistema de ônibus, que prevê uma alteração na bilhetagem. A Prefeitura estuda criar um bilhete único especial para policiais, carteiros e oficiais de Justiça, para que eles não desçam mais pela frente. Mas é preciso saber quantos passageiros dessas categorias usam ônibus.