Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

05 de setembro de 2012, 16h36

Ibope faz pesquisa eleitoral em João Pessoa sem o nome de Estela Isabel, candidata do PSB

Ontem, em João Pessoa, Paraíba um entrevistador a serviço do Ibope foi detido por crime eleitoral ao fazer pesquisa de intenção de voto para eleições municipais sem o nome da candidata do PSB, Estela Bezerra, após dar depoimento foi liberado. O Ministério Público vai investigar o caso.

Após a denúncia da coligação da candidata, o IBOPE cancelou a pesquisa, disse que houve erro, mas não deu mais declarações.

Alguém aí ainda tem plena confiança nos resultados das pesquisas eleitorais do Ibope,  DataFolha e afins? Quem se esqueceu das enormes diferenças entre estes institutos e o Vox Populi nas eleições de 2010, resultados que geraram inclusive uma representação para a investigação de todos os institutos de pesquisa pelo Movimento dos Sem Mídia?

Abaixo, informações da assessoria da candidata sobre o caso.

Ibope faz pesquisa eleitoral sem o nome de Estela Bezerra

Da Assessoria

04/09

A coligação ‘Pra Seguir em Frente’ denunciou na tarde desta quarta-feira (4) que a pesquisa eleitoral realizada pelo instituto Ibope, contratada por um veículo de imprensa local, não estava apresentando o nome da candidata a prefeita de João Pessoa, Estela Bezerra (PSB). Um dos entrevistadores do instituto foi flagrado realizando a pesquisa sem o nome de Estela e foi detido pela Polícia Militar, no bairro da Torre. Em seguida, ele foi encaminhado para o cartório da 70ª Zona Eleitoral, onde prestou depoimento.

De acordo com o coordenador jurídico da coligação, Marcelo Weick, é necessário esclarecer a população o perigo de pesquisas com indícios de manipulação, e garantiu que a coligação tomará as providências penais e cíveis contra os responsáveis. “O próprio instituto confirma que tem erro no material, que falta o nome de Estela, então não temos como acreditar na pesquisa. Isso induz o eleitor indeciso, que faz sua opção na hora da pesquisa”, respondeu Weick.

Ele disse ainda que é possível formalizar uma pesquisa junto ao TRE, mas apresentar outra a população, manipulando os resultados. “Na teoria, se cumpre os requisitos formais, mas na prática, os pesquisadores utilizam material irregular”, afirma. O coordenador ainda disse que o eleitor deve fiscalizar casos semelhantes, onde pesquisas trazem erros, e denunciar os responsáveis para as autoridades. “Isso não pode ficar impune, é uma tentativa de manipular, de induzir o eleitor”, finalizou.


Estela Bezerra, candidata do PSB excluída da cédula de pesquisa do Ibope em João Pessoa.

O coordenador da campanha da candidata à prefeitura Estela Bezerra (PSB), Rubens Freire, avaliou a situação das pesquisas eleitorais do Ibope sem o nome da candidata como lamentável e disse que há um histórico de erros da instituição em pesquisas na Paraíba. “Um erro grosseiro como esse é, no mínimo, lamentável. O Ibope já teve vários casos de erros como esse em eleições passada aqui no Estado. Acho que é inaceitável que uma situação dessas ocorra e quem for o responsável por ela deve ter punições cabíveis”, disse. Ele ainda disse, a respeito das especulações sobre a fraude na pesquisa, que não quer opinar precipitadamente e que é preciso que existam investigações para elucidar o caso.

Já o presidente do diretório municipal do PSB, Ronaldo Barbosa, acredita que o Ibope cometeu um erro inaceitável ao não colocar o nome da candidata a prefeita de João Pessoa, Estela Bezerra (PSB) na pesquisa eleitoral, e que a possibilidade de esta ser uma pesquisa fraudulenta existe. “Não é possível que haja esquecimento do nome de Estela, uma candidata com peso e chances reais de vencer a eleição, isso é inaceitável”, afirma.


Cédulas da pesquisa do Ibope para as eleições municipais em João Pessoa, Paraíba, sem o nome da candidata do PSB impresso.

Barbosa diz ainda que as pesquisas deste mesmo instituto já tiveram problema na Paraíba. “Não é a primeira vez que os erros das pesquisas sobre eleições do instituto são apontados, a possibilidade de fraude é enorme”, dispara. Ele ainda apontou que, além da possibilidade de fraude, a pesquisa tem problemas de elaboração. “A metodologia da pesquisa é falha, pois usa um sistema de amostragem que não revela as intenções reais de voto”, conclui.

Leia também:

Gato por lebre: Ibope terceiriza pesquisa e só vende a marca

Juíza suspende realização de pesquisa Ibope em João Pessoa

Na Paraíba, Ibope faz pesquisa eleitoral sem o nome da socialista Estela Bezerra
__________________
Publicidade
//
//

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum