Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

10 de agosto de 2012, 11h34

Palmeirenses xingam José Serra, Tirone e CQC em lançamento de livro do ex-goleiro Marcos

Parece que Serra e a ‘imprensa’ amiga tucana não está agradando.

Político do PSDB foi recepcionado aos gritos de: “Serra, ladrão, larga o Marcão!”

Por Danielle Nhoque, no Terceiro Tempo

09/08/2012

O lançamento da autobiografia “Nunca Fui Santo”, do ex-goleiro Marcos, assinada pelo jornalista Mauro Beting, realizado na noite de ontem (07.08.2012), arrastou milhares de fãs para o Shopping Eldorado, em São Paulo. A livraria Saraiva, escolhida para o evento, ficou pequena para a quantidade de pessoas que compareceram.

José Serra (PSDB), candidato à prefeitura de São Paulo, foi prestigiar o ídolo palmeirense e teve uma recepção nada amistosa por parte da torcida. O tucano, ao se aproximar de Marcos e Mauro Beting, que davam autógrafos no local, ouviu a multidão gritar: “Serra, ladrão, larga o Marcão!”.

Fanático torcedor, o político tentou desviar dos jornalistas, mas parou pouco antes da saída e falou rapidamente com a reportagem do Terceiro Tempo: “O Marcos é muito importante para a história do Palmeiras. Ele não é nenhum Santo, mas que ele fez milagre, isso fez”.

Veja também:  Greve Geral: Metrô funciona parcialmente em São Paulo

Em meio ao tumulto o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, também não foi perdoado pelos torcedores. Contou com a ajuda dos seguranças para entrar na livraria e,  quando conseguiu, ouviu muitos insultos e ficou sem o livro, apenas tirou fotos com o ex-goleiro e com o jornalista.

As pessoas também vaiaram a imprensa. O repórter do CQC (Custe O Que Custar) da Rede Bandeirantes de Televisão, Ronald Rios, recebeu um tratamento pouco agradável dos alviverdes, que o mandaram para “muitos lugares”. Posteriormente, fez uma pequena farra com outros presentes cantando o hino do Palmeiras.

_____________
Publicidade
//
//

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum