Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

25 de outubro de 2014, 11h22

O escracho da UJS na redação dos rola-bostas

Governos trabalhistas sempre sofreram forte oposição da direita concentradora de riqueza no país.

Os rola-bostas da redação tiveram que fazer serão para que o folhetim criminoso saísse na quinta-feira

Pronto o monte de dejetos, veja soltou seu panfleto direto da redação do submundo do crime e contratou um exército para distribuir seu panfleto criminoso nas estações do metrô em flagrante crime eleitoral. São Paulo e BH são algumas das capitais onde a distribuição foi relatada na rede:

panfleto-veja-tucanos

Veja luta com todos os seus recursos para adubar a mente de seus leitores e para que as sucursais da Band, Globo, SBT ecoassem suas acusações contra Dilma e Lula na sexta, sábado e domingo. Ontem, no JN o intento foi frustrado. A esperança de Veja é hoje.

Ontem, jovens da UJS foram para frente da Abril fazer um escracho e conversar com os passantes sobre o modus operandi da redação do submundo do crime. Hoje a Globo já faz suas matérias no melhor estilo da direita venezuelana chamando o escracho da UJS como “ataque à democracia”.

Mas até ontem, nem mesmo JN usou as acusações sem qualquer provas da redação de Cachoeira, o povo, que não lê este pasquim de fofocas,  já sabe faz tempo que Veja é só um panfleto do submundo do crime, escrito por rola-bostas.

Leia mais sobre o Escracho da UJS na Abril aqui

Quanto a presidenta, cobrará na Justiça tamanho crime detrator e oportunista. Dilma já disse que não permitira que esta tentativa desesperada da revista Veja de mudar os rumos do processo eleitoral  cometendo crime ao enxovalhar sem prova alguma a Petrobras e dois presidentes da República caia no esquecimento.

Que a presidenta faça a sua parte, processe esses criminosos e mais que isso, faça o marco regulatório econômico para que bandidos como os rola-bostas, sediados na redação da Marginal fétida, não ousem mais com seus panfletos criminosos, alguns pautados por Cachoeira, a mentir descaradamente.

policarpo-veja-cachoeira

Prints: Influência do bicheiro Carlinhos Cachoeira sobre a Revista Veja

Que a presidenta processe estes bandidos para que não apenas não tentem impunemente  intervir num processo democrático, como preguem preconceitos e discriminação contra indígenas, comunidade LGBT, população negra, trabalhem diuturnamente contra todas políticas públicas de inclusão, ataquem as riquezas nacionais a serviço de interesses do capital estrangeiro e cotidianamente atentem contra a democracia.

Se o marco regulatório econômico for feito num monopólio controlado por 6 famiglias como as da máfia siciliana folhetins como esses terão de aprender a fazer jornalismo para irem atrás de publicidade.

De todo modo, o desespero dos rola-bostas de Veja é o último abraço dos afogados, porque o povo está nas ruas e nas redes para defender suas conquistas:

Fonte da carta do doutorando Dorival G.S. Filho

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum