Seja Sócio Fórum
12 de setembro de 2017, 15h59

Bolsonaro admite que comia galinha; e não estava se referindo à alimentação. E agora, MBL?

Ídolo do MBL, deputado federal do PSC, que se comporta como defensor dos "bons costumes", praticou zoofilia: disse na televisão que iniciou sua vida sexual com galinhas.

Ídolo do MBL, deputado federal do PSC, que se comporta como defensor dos “bons costumes”, praticou zoofilia: disse na televisão que iniciou sua vida sexual com galinhas. Da Redação O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) adimitu que já praticou zoofilia. Em entrevista ao programa CQC, o então repórter Rafael Cortez peguntou ao político se ele, por ter nascido no interior, havia tido sua iniciação sexual com algum animal, como vaca ou bezerro. Ele não se intimidou e disse que, assim como ele, todos os amigos transavam com galinhas, por mais repugnante que seja. “Alguns mais malandros iam com uma bezerrinha...

Ídolo do MBL, deputado federal do PSC, que se comporta como defensor dos “bons costumes”, praticou zoofilia: disse na televisão que iniciou sua vida sexual com galinhas.

Da Redação

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) adimitu que já praticou zoofilia. Em entrevista ao programa CQC, o então repórter Rafael Cortez peguntou ao político se ele, por ter nascido no interior, havia tido sua iniciação sexual com algum animal, como vaca ou bezerro. Ele não se intimidou e disse que, assim como ele, todos os amigos transavam com galinhas, por mais repugnante que seja. “Alguns mais malandros iam com uma bezerrinha ou jumentinha. Naquela época era comum”, disse um dos ídolos do MBL, que acusou a exposição “Queermuseu” de incentivar a zoofilia.

Assista ao vídeo:

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil/Fotos Públicas

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum