22 de novembro de 2018, 14h08

Bolsonaro cria secretaria para abrigar presidente da UDR, que vai coordenar Reforma Agrária

Ruralista disse que pretende fazer uma reforma agrária "saudável, sem invasões”. “Vamos fazer reforma com pessoas que têm vocação. Não vai ter mais reforma ideológica”.

Reprodução

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo, divulgada na tarde desta quinta-feira (22), afirma que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), criou uma secretaria de Assuntos Fundiários para abrigar a União Democrática Ruralista (UDR).

A secretaria, ligada à ministra da Agricultura Tereza Cristina (DEM/MS), será gerida pelo ruralista Nabhan Garcia, presidente da UDR. A pasta tem, entre outras atribuições, gerenciar a reforma agrária.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Preterido por Bolsonaro no Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia chegou a criticar o capitão após a indicação de Tereza Cristina para a pasta. “É a força do poder político”, disse, em entrevista.

À Folha de S.Paulo, o ruralista disse que pretende fazer uma reforma agrária “saudável, sem invasões”. “Vamos fazer reforma com pessoas que têm vocação. Não vai ter mais reforma ideológica”.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais