26 de junho de 2018, 11h31

Bolsonaro deve fechar aliança com o PR, de Valdemar Costa Neto

O pré-candidato quer o senador capixaba como seu candidato a vice na chapa presidencial

Foto: Agência Câmara

O pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) deve fechar aliança com o PR de Valdemar Costa Neto, político condenado pelo escândalo do mensalão.

Em entrevista ao jornal ‘O Globo’, Bolsonaro afirmou que aguarda o sim “para o pedido de casamento” feito ao senador capixaba Magno Malta para compor a chapa presidencial..

“Eu já fiz o pedido, mas ele está mudo”, disse Bolsonaro ao jornal carioca.

Lideranças do PR acreditam que Magno Malta deve responder em 15 dias se aceita ou não ser o candidato a vice.

Se a aliança for fechada, Bolsonaro somará mais 45 segundos aos apenas oito que tem direito pelo PSL

Temer cortejou Valdemar

Não é apenas o segundo colocado nas pesquisas que corre atrás do apoio do PR. Em maio, o presidente Michel Temer abriu as portas do Palácio do Jaburu para o dirigente do PR, Valdemar Costa Neto, condenado no processo do mensalão. Temer e Valdemar discutiram a eleição de outubro e a costura de um acordo para tentar viabilizar a pálida candidatura do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles. O MDB busca o apoo de partidos do Centrão e a velha prática da indicação de cargos em ministérios entrou em discussão.