09 de outubro de 2018, 23h20

Bolsonaro é colocado como “neofascista em ascensão” durante show de Roger Waters em SP

Show do ex-Pink Floyd em São Paulo contou com a projeção de nomes que representam o neofascismo mundial, e Bolsonaro estava entre eles

Projeção da lista do "neofascismo em ascensão" no show de Roger Waters em SP (Reprodução)

Marcado pelo teor político, o show de Roger Waters no Allianz Parque, em São Paulo (SP), na noite desta terça-feira (8), contou com uma projeção que listava “neofascistas em ascensão” no mundo.

Para Roger Waters, Donald Trump seria o líder neofascista dos Estados Unidos.  Le Pen, da França; Orban, da Hungria; Kurz, da Áustria; Putin, da Rússia, entre outros. No Brasil, o neofascista seria Jair Bolsonaro (PSL).

Leia também
“Brasil acima de tudo”: Slogan de Bolsonaro faz referência ao da Alemanha nazista