Imprensa livre e independente
01 de maio de 2019, 13h49

“Bolsonaro está literalmente matando a educação superior”, protesta Haddad

Ex-prefeito de São Paulo denuncia: “Depois de cortar 30% do orçamento das universidades federais, governo pretende iniciar o desmonte da pós-graduação”

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
O ex-prefeito de São Paulo e candidato à presidência em 2018, Fernando Haddad (PT) usou seu Twitter para protestar contra a intenção do Ministério da Educação de cortar 30% das verbas destinadas às universidades federais. “Bolsonaro está literalmente matando a educação superior. Depois de cortar 30% do orçamento das universidades federais, governo pretende iniciar o desmonte da pós-graduação”, postou. Além disso, o governo ameaça cortar bolsas que financiam pesquisas “com viés ideológico”, segundo o MEC. A princípio, Abraham Weintraub, ministro da Educação, divulgou cortes de pelo menos 30% dos recursos da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Federal Fluminense (UFF)...

O ex-prefeito de São Paulo e candidato à presidência em 2018, Fernando Haddad (PT) usou seu Twitter para protestar contra a intenção do Ministério da Educação de cortar 30% das verbas destinadas às universidades federais.

“Bolsonaro está literalmente matando a educação superior. Depois de cortar 30% do orçamento das universidades federais, governo pretende iniciar o desmonte da pós-graduação”, postou.

Além disso, o governo ameaça cortar bolsas que financiam pesquisas “com viés ideológico”, segundo o MEC.

A princípio, Abraham Weintraub, ministro da Educação, divulgou cortes de pelo menos 30% dos recursos da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade Federal da Bahia (UFBA) por terem permitido que ocorressem supostos atos políticos, classificados por ele como “balbúrdia”.

No entanto, Arnaldo Barbosa de Lima Junior, secretário de Educação Superior do ministério, declarou que o bloqueio vai valer para todas as universidades e todos os institutos.

Veja também:  Acusado de matar Marielle, vizinho de Bolsonaro tinha facilidades para importar armas como "colecionador e atirador"

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum

#tags