AO VIVO
09 de Maio de 2014, 19h07

Bolsonaro ofende ministra: “Com aquela cara, nem com Viagra na veia”

O deputado federal mais uma vez baixou o nível, desta vez atacando Eleonora Menicucci, titular da Secretaria de Política para Mulheres em reunião sobre o Estatuto da Família

O deputado federal mais uma vez baixou o nível, desta vez atacando Eleonora Menicucci, titular da Secretaria de Política para Mulheres em reunião sobre o Estatuto da Família

Por Redação

A ministra de Política para Mulheres, Eleonora Menicucci, foi ofendida pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) em reunião sobre o Estatuto da Família, realizada na última quarta-feira (7).

“Ela me disse ‘não é porque tenho mais de 60 anos que não continuo fazendo sexo’. Mentira! Com aquela cara, nem com Viagra na veia”, afirmou o parlamentar para uma plateia de evangélicos que o aplaudiu. Ainda sendo aplaudido, o deputado complementou: “Ela é feia pra caramba”.

Não é a primeira vez que Bolsonaro baixa o nível em relação à ministra.  Em sessão da Câmara realizada no início de abril de 2013, ele afirmou que a presidenta Dilma Rousseff não tinha “compromisso nenhum com a família”, em resposta a protestos que pediam a saída de Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias (CDHM). De acordo com o parlamentar, se Dilma tivesse tal compromisso não teria nomeado Menicucci, chamada de “sapatona” pelo deputado. “Essa mulher (Eleonora) representa a sua mãe, Dilma Rousseff, a minha não. E nem as mulheres brasileiras”, afirmou na ocasião.

O projeto do Estatuto da Família é de autoria do deputado federal Anderson Ferreira (PR-PE). O texto sugere que a definição de família seja baseada exclusivamente na união entre homem e mulher.

Com informações do Poder Online