19 de dezembro de 2017, 16h27

Bolsonaro propõe cuidar de cáries para evitar bebês prematuros

Nonsense: questionado sobre suas propostas para a saúde caso seja eleito presidente, Bolsonaro disse que vai mandar as grávidas ao dentista no pré-natal para evitar cáries e, por consequência, os partos prematuros, e propôs ainda colocar profissionais de Educação Física para “tirar a pressão” das pessoas e evitar o AVC. Assista

Por Redação

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto para a presidência em 2018, falou em entrevista coletiva na cidade de Manaus (AM) realizada no última quinta-feira (14) sobre suas propostas para a área da saúde caso seja eleito. A fala que beirou o nonsense não teve repercussão na mídia tradicional mas desde segunda-feira (18) que o vídeo com suas ideias “clínicas” está circulando com força nas redes.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Ele disse que, como os gastos como neonatal no Brasil são “altíssimos”, vai encaminhar as mulheres grávidas, já no pré-natal, a um dentista. O objetivo: evitar que elas tenham cáries e, por consequência, partos prematuros.

“Uma criança que nasceu precocemente tem um gasto altíssimo no neonatal. E por que temos muito prematuro no Brasil? A primeira questão, segundo diz os médicos, é uma questão de cárie. Então, quando for fazer o pré-natal, a ideia é já mandar para um dentista”, disse. Médicos tem a infecção dentária como um dos motivos que podem causar um parto prematuro – mas não chega a ser o principal deles. O que mais causa partos prematuros no Brasil é a má formação do feto logo no início da gestação e histórico de pressão alta da mãe.

Em sua curta fala sobre o tema saúde, o deputado federal ainda falou sobre o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e como cortar os gastos sobre esse tipo de tratamento. Sua ideia é contratar profissionais de Educação Física para “tirar a pressão” das pessoas e detectar hipertensão.

Pelas redes sociais, o senador Humberto Costa (PT-PE) ironizou as declarações de Bolsonaro. “Imagina isso presidente”, escreveu.

Assista.

Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados