05 de julho de 2018, 09h51

Bolsonaro quer que PR cancele alianças locais com PT para aceitar Magno Malta como seu vice

Com o acordo fechado, Bolsonaro ganharia tempo de propaganda na TV e também a sinalização de que não seria impossível montar uma base de apoio no Congresso

De acordo com informações do Painel, da Folha, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) quer Magno Malta (PR-ES) como seu vice, mas exige que antes de fechar com ele, o PR se afaste do PT nas disputas locais.

O objetivo e replicar a coligação em estados onde o PSL tem puxadores de voto, como SP e RJ.

O acordo, se fechado, obrigaria a sigla a revogar acordos com petistas da BA e de MG, diz um integrante do PR.

Bolsonaro está longe de ser unanimidade no PR, mas Valdemar Costa Neto, que é quem comanda a legenda, estaria praticamente convencido de que esta seria a melhor aposta.

Com o acordo fechado, Bolsonaro ganharia tempo de propaganda na TV e também a sinalização de que não seria impossível montar uma base de apoio no Congresso.

O PR tem identificação com o PT, mas Valdemar, dizem aliados, só confia em Lula para fechar um acordo.