18 de novembro de 2018, 11h58

Bolsonaro receberá R$ 60.263 por mês do Estado a partir de janeiro, diz jornal

Segundo Lauro Jardim, será um dos contracheques mais gordos da Esplanada. No valor, não está incluído ainda o salário de capitão reformado, que Bolsonaro recebe do Exército Brasileiro.

Reprodução/Flickr

Coluna de Lauro Jardim, na edição deste domingo do jornal O Globo, afirma que a partir de janeiro, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) receberá R$ 60.236 mensais do Estado, “um dos contracheques mais gordos da Esplanada”, segundo o jornalista.

Segundo a reportagem, a partir de janeiro, Bolsonaro estará apto a se aposentar pelo antigo Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC) e poderá receber da Câmara R$ 29.301,45 mensais. O salário de presidente é de R$ 30.934,70.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Mesmo bem acima do teto – estipulado pelo salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que deve chegar a R$ 39 mil com o aumento aprovado pelo Senado -, Bolsonaro deve receber o valor. Segundo Jardim, o mecanismo que corta o salário quando se ultrapassa o teto constitucional de R$ 33,7 mil não atinge aposentados pelo IPC. No valor, não está incluído ainda o salário de capitão reformado, que Bolsonaro recebe do Exército Brasileiro.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais