Imprensa livre e independente
16 de maio de 2019, 17h47

Bolsonaro se enrola ao tentar adaptar bordão: “Brasil e Estados Unidos acima de tudo”

Em sua visita a Dallas, nos EUA, Bolsonaro tentou agradar aos estadunidenses com uma adaptação de seu bordão, mas acabou cometendo uma gafe: "Brasil e Estados Unidos acima de tudo, Brasil e Es... acima de todos!"; assista

Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro cometeu uma gafe na tarde desta quinta-feira (16) que já se tornou um viral nas redes sociais. Durante seu discurso na cerimônia em que foi homenageado pela Câmara de Comércio Brasil – Estados Unidos em Dallas, no Texas, o capitão da reserva tentou agradar aos estadunidenses adaptando seu bordão, mas acabou se enrolando. “Brasil e Estados Unidos acima de tudo, Brasil e Es… acima de todos!”, exclamou. A frase original que Bolsonaro costuma a usar é “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. Termina o pronunciamento usando seu chavão de campanha esquecendo Deus e colocando...

O presidente Jair Bolsonaro cometeu uma gafe na tarde desta quinta-feira (16) que já se tornou um viral nas redes sociais. Durante seu discurso na cerimônia em que foi homenageado pela Câmara de Comércio Brasil – Estados Unidos em Dallas, no Texas, o capitão da reserva tentou agradar aos estadunidenses adaptando seu bordão, mas acabou se enrolando.

“Brasil e Estados Unidos acima de tudo, Brasil e Es… acima de todos!”, exclamou. A frase original que Bolsonaro costuma a usar é “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

A homenagem aconteceu em Dallas depois de inúmeras empresas e até mesmo o prefeito de Nova Iorque terem rejeitado a presença do presidente brasileiro na cidade, onde inicialmente estava marcada a cerimônia. Até mesmo na cidade texana, onde a homenagem foi concretizada, no entanto, o capitão da reserva foi rejeitado pelo prefeito.

Veja também:  Nos EUA, ao lado de Bolsonaro, Guedes fala em fusão entre Banco do Brasil e Bank of America

Durante o evento, além da adaptação de seu bordão, Bolsonaro não poupou elogios aos Estados Unidos. “No Brasil, a política até de há pouco, era de antagonismo a países como os EUA. Os senhores eram tratados como se fossem inimigos nossos. […] O Brasil de hoje é amigo dos Estados Unidos. O Brasil de hoje respeita os Estados Unidos e o Brasil de hoje quer o povo americano, os empresários americanos ao nosso lado “, disse.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum