Imprensa livre e independente
09 de maio de 2019, 08h46

Bolsonaro vai abrir estação ecológica onde foi multado à exploração turística: “Cancún no Brasil”

"A Estação Ecológica de Tamoios não preserva absolutamente nada e faz com que uma área rica, que pode trazer bilhões (de reais) por ano para o turismo, está parada por falta de uma visão mais objetiva, mais progressista disso daí", afirmou Bolsonaro, em clara demonstração de revanchismo

Bolsonaro fotografado pescando em área de proteção ambiental, em 2012 (Foto: Divulgação)
Em clara demonstração de revanchismo, Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta quarta-feira (8) que vai abrir a Estação Ecológica (Esec) de Tamoios, em Angra dos Reis (RJ), à exploração turística. O local, protegido por Lei, é onde ele foi multado em 2012 pelo Ibama por pesca ilegal. Pouco depois de assumir a Presidência, Bolsonaro exonerou o agente do Ibama responsável pelo flagrante. “A Estação Ecológica de Tamoios não preserva absolutamente nada e faz com que uma área rica, que pode trazer bilhões (de reais) por ano para o turismo, está parada por falta de uma visão mais objetiva, mais progressista disso...

Em clara demonstração de revanchismo, Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta quarta-feira (8) que vai abrir a Estação Ecológica (Esec) de Tamoios, em Angra dos Reis (RJ), à exploração turística. O local, protegido por Lei, é onde ele foi multado em 2012 pelo Ibama por pesca ilegal. Pouco depois de assumir a Presidência, Bolsonaro exonerou o agente do Ibama responsável pelo flagrante.

“A Estação Ecológica de Tamoios não preserva absolutamente nada e faz com que uma área rica, que pode trazer bilhões (de reais) por ano para o turismo, está parada por falta de uma visão mais objetiva, mais progressista disso daí”, afirmou Bolsonaro.

O capitão ainda é dono de uma casa na Vila Histórica de Mambucaba, na mesma região, e já havia dito, em outras ocasiões sobre seus planos em transformar o local em área de exploração turística.

“Nosso estado merece ter uma Cancún, e nós podemos tê-la e estamos trabalhando para a região de Angra. Depende de um decreto presidencial”, disse.

Veja também:  Sobre a canalhice: a Globo e a Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum