Imprensa livre e independente
28 de outubro de 2018, 20h14

Boulos anuncia resistência: “Entre a prisão e o exílio, nós escolhemos as ruas”

O ex-presidenciável acusou Bolsonaro de ter usado fraude e caixa 2 para ganhar a eleição e avisou que na já na terça-feira (30) a Frente Povo Sem Medo realizará manifestações em todo o país; "Jair Bolsonaro não é dono do Brasil e não vai silenciar nossas vozes"

Foto: Mídia Ninja
O ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) foi um dos primeiros políticos a se pronunciar após a confirmação da eleição de Jair Bolsonaro (PSL) à  presidência da República, na noite deste domingo (28). Em vídeo divulgado nas redes sociais, Boulos acusou o capitão da reserva de ter usado de mentiras, fraude e caixa 2 para vencer. “Chegamos ao fim de uma eleição marcada pelo medo e ódio. Para conseguir a vitória, Jair Bolsonaro fugiu dos debates e se escondeu atrás de uma rede de mentiras no Whatsapp, na base de fraude e caixa dois. Foi o candidato da intolerância, que explorou o...

O ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) foi um dos primeiros políticos a se pronunciar após a confirmação da eleição de Jair Bolsonaro (PSL) à  presidência da República, na noite deste domingo (28). Em vídeo divulgado nas redes sociais, Boulos acusou o capitão da reserva de ter usado de mentiras, fraude e caixa 2 para vencer.

“Chegamos ao fim de uma eleição marcada pelo medo e ódio. Para conseguir a vitória, Jair Bolsonaro fugiu dos debates e se escondeu atrás de uma rede de mentiras no Whatsapp, na base de fraude e caixa dois. Foi o candidato da intolerância, que explorou o medo e a desilusão das pessoas. Defende a ditadura, tortura e violência como solução para os problemas. O país sai dividido e fraturado dessa eleição”, afirmou.

Boulos anunciou ainda que, diante dos riscos à democracia que um governo de Bolsonaro inspira, contribuirá para a formação de uma “frente ampla com todos aqueles que neste segundo turno souberam se colocar do lado certo da história”.

O líder do MTST ainda anunciou que haverá “resistência”. “Entre a prisão e o exílio, nós escolhemos as ruas”, disse, antes de anunciar que a Frente Povo Sem Medo realizará, já na próxima terça-feira (30), manifestações em todo o Brasil.

Veja também:  Bolsonaro altera decreto das armas, mas mantém brecha para posse de fuzil por ruralistas

Assista.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum