09 de setembro de 2018, 18h30

Boulos no debate da TV Gazeta: “Não vou chamar Meirelles, vou taxar o Meirelles”

"Você tem como slogan Chama o Meirelles. Eu não vou chamar o Meirelles, eu vou taxar o Meirelles", retrucou Boulos, citando a fortuna de R$ 420 milhões de Meirelles como uma a das fortunas a serem taxadas.

Num dos primeiros momentos mais acirrados do debate da TV Gazeta, o candidato Guilherme Boulos (Psol) perguntou ao candidato Henrique Meirelles (MDB) como ele faria para baixar os juros bancários.

“Se a Caixa Econômica e o Banco do Brasil baixarem os juros, os bancos privados têm que seguir, para não perder a clientela”, diz Boulos. “Aqui no Brasil, os nossos governos se tornaram reféns do sistema financeiro.”

Meirelles devolveu a pergunta dizendo que o Brasil não se divide em quem gosta ou não de Lula, mas em quem trabalha e quem não trabalha. O candidato do MDB prometeu criar 10 milhões de empregos.

“Você tem como slogan Chama o Meirelles. Eu não vou chamar o Meirelles, eu vou taxar o Meirelles”, retrucou Boulos, citando a fortuna de R$ 420 milhões de Meirelles como uma a das fortunas a serem taxadas.