Imprensa livre e independente
20 de setembro de 2018, 22h12

Boulos rebate Alvaro Dias: “Não adianta falar de renovação só no debate”

No debate entre presidenciáveis da TV Aparecida, candidato do Podemos fez uma pergunta para Boulos (PSOL) sobre reforma política e acabou se tornando alvo: "Você foi filiado ao PSDB por 28 anos. Não adianta falar de reforma política só no debate"

O primeiro embate do debate entre presidenciáveis promovido pela TV Aparecida e CNBB, na noite desta quinta-feira (20), foi entre os candidatos Guilherme Boulos (PSOL) e Alvaro Dias (Podemos). Dias preparava a Boulos uma pergunta sobre reforma política. Ele dizia que não há cabimento em fazer nenhuma promessa sem a reforma política quando foi interrompido pela apresentadora, pois seu tempo já havia esgotado. O candidato do PSOL, então, usou a pergunta para investir contra o candidato do Podemos. “Não adianta falar de renovação só aqui no debate. Você foi do PSDB por 28 anos, partido que reproduzia essas práticas”, disse...

O primeiro embate do debate entre presidenciáveis promovido pela TV Aparecida e CNBB, na noite desta quinta-feira (20), foi entre os candidatos Guilherme Boulos (PSOL) e Alvaro Dias (Podemos).

Dias preparava a Boulos uma pergunta sobre reforma política. Ele dizia que não há cabimento em fazer nenhuma promessa sem a reforma política quando foi interrompido pela apresentadora, pois seu tempo já havia esgotado. O candidato do PSOL, então, usou a pergunta para investir contra o candidato do Podemos.

“Não adianta falar de renovação só aqui no debate. Você foi do PSDB por 28 anos, partido que reproduzia essas práticas”, disse Boulos, se referindo ao financiamento privado de campanha que abriu espaço para inúmeros casos de corrupção.

Leia também
Haddad começa seu primeiro debate como candidato cumprimentando Lula

Assista o debate ao vivo aqui.

Veja também:  TRF-4 determina que visitas a Lula não precisam mais ser agendadas

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum