Imprensa livre e independente
03 de maio de 2018, 11h59

Brasília recebe atos em defesa das empresas públicas e contra privatizações

Entidades, parlamentares e movimentos sociais se unem na próxima terça-feira (8), quando o Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas promove ampla programação

Rita Serrano: “Temos que nos programar para que o comparecimento seja forte, expressando nossa união em torno da manutenção das empresas e serviços públicos e dos direitos de seus trabalhadores” – Foto: Divulgação/Fenae Entidades que lutam pelos serviços e pelas empresas públicas do Brasil, gravemente atingidos pelas práticas do governo de Michel Temer e seus aliados, prometem marcar presença em peso no evento que acontece na próxima terça-feira (8), a partir das 9 horas, no auditório Nereu Ramos, Congresso Nacional, em Brasília. Na ocasião será realizado Seminário e Ato em Defesa das Empresas Públicas, com o objetivo de destacar a...

Rita Serrano: “Temos que nos programar para que o comparecimento seja forte, expressando nossa união em torno da manutenção das empresas e serviços públicos e dos direitos de seus trabalhadores” – Foto: Divulgação/Fenae

Entidades que lutam pelos serviços e pelas empresas públicas do Brasil, gravemente atingidos pelas práticas do governo de Michel Temer e seus aliados, prometem marcar presença em peso no evento que acontece na próxima terça-feira (8), a partir das 9 horas, no auditório Nereu Ramos, Congresso Nacional, em Brasília. Na ocasião será realizado Seminário e Ato em Defesa das Empresas Públicas, com o objetivo de destacar a importância do que é público para a sociedade e do quanto as ameaças privatistas e tentativas de desmonte interferem negativamente na vida da população e dos trabalhadores destas empresas.

“Temos que nos programar para que o comparecimento seja forte, expressando nossa união em torno da manutenção das empresas e serviços públicos e dos direitos de seus trabalhadores. As empresas públicas investiram R$ 56 bilhões em saneamento, energia elétrica e moradia. O Estado não pode abrir mão de setores estratégicos para o desenvolvimento do País”, aponta a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, Rita Serrano, que também é representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa.

Veja também:  Mercado reduz projeção do PIB pela 12ª vez este ano

Ela lembra que, com a proximidade das eleições de outubro, em breve o foco estará voltado apenas para o pleito, aumentando a necessidade de participação no seminário nesse momento. Em pauta estarão questões nacionais relacionadas aos serviços e empresas públicos e outras específicas de seus empregados, como as recentes resoluções da CGPAR e os cortes de direitos, como no caso dos planos de saúde.

Após as apresentações e debates, as entidades do Comitê realizarão um ato político com a participação de parlamentares, sindicalistas e movimentos sociais. Por fim, o evento promoverá o lançamento do livro “Se é público, é para todos”, organizado pelo sociólogo Emir Sader, com a participação do economista Fernando Nogueira, de Rita Serrano e João Moraes – os dois últimos, autores de capítulos sobre a Caixa e Petrobras, respectivamente. Para mais informações, basta acessar facebook.com/comiteempresaspublicas/
Para confirmar presença, e-mail para publiccomite@gmail.com

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum