14 de dezembro de 2018, 19h01

Campeão: Bolsonaro vence prêmio de canal francês de misógino e racista do ano

O presidente eleito desbancou o presidente estadunidense Donald Trump e venceu duas categorias do prêmio "Idiotas de Ouro" da emissora francesa de TV France 2

Reprodução/Youtube

O presidente eleito Jair Bolsonaro sequer assumiu e já está ganhando prêmios internacionais. O capitão da reserva faturou duas categorias do prêmio “Idiotas de Ouro” concedido pelo programa de TV “Je t’aime”, da emissora francesa France 2: racista do ano e misógino do ano.

O apresentador Stan Gusman justificou a vitória de Bolsonaro na categoria misógino do ano com o vídeo em que o então deputado federal aparece ofendendo a deputada Maria do Rosário (PT-RS) e afirmando que não a estupra porque ela “não merece”.

“Uma bela seleção de idiotas”, disse Gusman.

Já o prêmio de “racista do ano” foi justificado pelo vídeo em que o capitão da reserva aparece dizendo que nenhum de seus filhos namoraria uma mulher negra pois “eles foram muito bem educados”.

Para o apresentador, a disputa era tão acirrada que todos os concorrentes mereciam o prêmio. Em ambas as categorias em que foi vitorioso, Bolsonaro desbancou o presidente estadunidense Donald Trump.

Assista ao programa, que foi ao ar no dia 30 de novembro.