Imprensa livre e independente
13 de janeiro de 2017, 16h37

Capas de 2012 e 2017 mostram de que lado a Exame está

No governo Temer, revista defende que “vai ser ótimo” trabalhar durante a velhice; no governo Dilma, alertava para os riscos do excesso de serviço para a vida dos brasileiros.

No governo Temer, revista defende que “vai ser ótimo” trabalhar durante a velhice; no governo Dilma, alertava para os riscos do excesso de serviço para a vida dos brasileiros Por Redação A capa da revista Exame desta semana gerou uma série de críticas depois que a publicação comparou o cantor Mick Jagger com os brasileiros, que terão de trabalhar durante a velhice com as novas regras da aposentadoria propostas pelo governo de Michel Temer. “A boa notícia: Preparando-se para isso, vai ser ótimo”, dizia o animado texto com a foto do artista. O absurdo foi tão grande que gerou resposta...

No governo Temer, revista defende que “vai ser ótimo” trabalhar durante a velhice; no governo Dilma, alertava para os riscos do excesso de serviço para a vida dos brasileiros

Por Redação

A capa da revista Exame desta semana gerou uma série de críticas depois que a publicação comparou o cantor Mick Jagger com os brasileiros, que terão de trabalhar durante a velhice com as novas regras da aposentadoria propostas pelo governo de Michel Temer. “A boa notícia: Preparando-se para isso, vai ser ótimo”, dizia o animado texto com a foto do artista.

O absurdo foi tão grande que gerou resposta imediata nas redes sociais. Entre os memes criados sobre o assunto, um deles compara a atual capa da Exame com uma de 2012, que questionava: “Precisamos trabalhar tanto?”. A matéria alertava que é preciso dar mais atenção à qualidade de vida e que a sobrecarga de trabalho deixa as pessoas infelizes e com pouco tempo para a família. Contraditório, não?

Quer viajar em 2017? Fique sócio e concorra ao sorteio da Fórum! Você pode ir pra Cuba por nossa conta!

Veja também:  Lula defende que esquerda construa plataforma mínima com foco na soberania nacional

Confira abaixo os comentários irônicos dos internautas sobre a atitude da revista.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum