Seja Sócio Fórum
15 de abril de 2019, 06h30

Carlos Bolsonaro empregou ex-marido da mulher de Queiroz como motorista em seu gabinete no Rio

Márcio da Silva Gerbatim esteve lotado como motorista no gabinete de Carlos por dois anos, entre abril de 2008 e abril de 2010, quando foi exonerado para ser nomeado no gabinete de outro filho de Jair, o então deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), na Alerj

Marcio Gerbatim e Carlos Bolsonaro (Reprodução)
Reportagem de Constança Rezende e Fábio Leite, na edição desta segunda-feira (15) do jornal O Estado de S.Paulo, revela que Carlos Bolsonaro (PSC/RJ) empregou em seu gabinete na Câmara Municipal do Rio o ex-marido da atual mulher de Fabricio Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, e pai da sua enteada, Evelyn Melo de Queiroz. Márcio da Silva Gerbatim esteve lotado como motorista no gabinete de Carlos por dois anos, entre abril de 2008 e abril de 2010, quando foi exonerado para ser nomeado no gabinete de outro filho de Jair, o então deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) na Assembleia Legislativa do...

Reportagem de Constança Rezende e Fábio Leite, na edição desta segunda-feira (15) do jornal O Estado de S.Paulo, revela que Carlos Bolsonaro (PSC/RJ) empregou em seu gabinete na Câmara Municipal do Rio o ex-marido da atual mulher de Fabricio Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, e pai da sua enteada, Evelyn Melo de Queiroz.

Márcio da Silva Gerbatim esteve lotado como motorista no gabinete de Carlos por dois anos, entre abril de 2008 e abril de 2010, quando foi exonerado para ser nomeado no gabinete de outro filho de Jair, o então deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (RJ) no cargo de assessor-adjunto, no qual ficou até 9 maio de 2011.

Segundo a reportagem, no mesmo dia em que Gerbatim trocou a Câmara Municipal pela Assembleia, Carlos Bolsonaro nomeou um ex-assessor do irmão, Claudionor Gerbatim de Lima.

Assim como Queiroz, Márcio Gerbatim também integrou a Brigada de Infantaria Paraquedista do Exército.

Procurado pelo Estado, Carlos Bolsonaro negou, por meio da assessoria, que Queiroz tenha tido influência em seu gabinete na Câmara Municipal, onde é vereador desde 2001.

Segundo ele, Márcio Gerbatim foi nomeado no gabinete “face sua experiência na função de motorista e não por indicações” e que “nunca nenhum parente de Fabrício Queiroz foi nomeado neste gabinete”.

Leia a reportagem na íntegra

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum