Imprensa livre e independente
23 de abril de 2019, 20h40

Carlos Bolsonaro volta a atacar “o tal de Mourão” e diz que ele menosprezou facada no pai

“Enquanto um homem lutava pela vida e tentava impedir que o Brasil caísse nas garras do PT, queridinhos da imprensa opinavam”, tuitou o filho do presidente

Foto: Divulgação
Apesar do aviso de Jair Bolsonaro para que os ânimos entre seus aliados se acalmem, Carlos Bolsonaro parece disposto a seguir no ataque ao vice-presidente, o general Hamilton Mourão. No início da noite desta terça-feira (23), Carlos tuitou: “Naquele fatídico dia em que meu pai foi esfaqueado por ex-integrante do PSOL e o tal de Mourão em uma de suas falas disse que aquilo tudo era vitimização. Enquanto um homem lutava pela vida e tentava impedir que o Brasil caísse nas garras do PT, queridinhos da imprensa opinavam”. Foi o segundo ataque do filho do presidente ao general Mourão nesta...

Apesar do aviso de Jair Bolsonaro para que os ânimos entre seus aliados se acalmem, Carlos Bolsonaro parece disposto a seguir no ataque ao vice-presidente, o general Hamilton Mourão.

No início da noite desta terça-feira (23), Carlos tuitou: “Naquele fatídico dia em que meu pai foi esfaqueado por ex-integrante do PSOL e o tal de Mourão em uma de suas falas disse que aquilo tudo era vitimização. Enquanto um homem lutava pela vida e tentava impedir que o Brasil caísse nas garras do PT, queridinhos da imprensa opinavam”.

Foi o segundo ataque do filho do presidente ao general Mourão nesta terça. Antes, Carlos publicou a tradução de parte do convite que Mourão recebeu para palestrar no Wilson Center, nos Estados Unidos e fez ironias.

Veja também:  Manifestações começam pelo Twitter na semana em que Bolsonaro pretende ir ao Nordeste

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum