ASSISTA
25 de outubro de 2017, 22h09

Carlos Marun (PMDB-MS), da “tropa de choque” de Temer, faz dancinha da vitória comemorando rejeição da denúncia

Marun está feliz da vida: ao fazer a lição de casa ajudando a barrar a denúncia contra Temer, certamente receberá favores e agrados do Planalto, que deve retribuir a “lealdade”. Assista ao momento bizarro Por Redação Carlos Marun (PMDB-MS), fiel escudeiro de Eduardo Cunha, homem forte de Temer na Câmara e vice-líder do PMDB, tem […]

Marun está feliz da vida: ao fazer a lição de casa ajudando a barrar a denúncia contra Temer, certamente receberá favores e agrados do Planalto, que deve retribuir a “lealdade”. Assista ao momento bizarro

Por Redação

Carlos Marun (PMDB-MS), fiel escudeiro de Eduardo Cunha, homem forte de Temer na Câmara e vice-líder do PMDB, tem motivos de sobra para comemorar. Ele fez a lição de casa ao articular com outros parlamentares a rejeição da denúncia por obstrução da Justiça e organização criminosa contra Temer e, agora, sem a possibilidade do presidente ser afastado, certamente será recompensado por sua lealdade.

Não é novidade que, além das emendas parlamentares, para barrar a denúncia, Temer ofereceu certas “facilidades” em pautas de interesse de quem o ajudar. A portaria que flexibiliza a fiscalização do trabalho escravo ou as novas regras para mineração em áreas que antes eram protegidas são só alguns dos exemplos.

A dancinha da vitória que Marun protagonizou ao final da votação de hoje ilustra bem o momento político que vivemos. Assista, abaixo, ao momento bizarro.