30 de outubro de 2018, 20h46

Cartas do Pai: “Gol contra”

Muita gente, até agora, não entendeu que perdemos, e está comemorando. Esses viram o gol sendo feito e acham que ganhamos. Comemoraram e tudo

Foto: Arquivo Pessoal

Rio de Janeiro, 30 de outubro de 2018

Pai,

Os últimos dois dias estão sendo difíceis, muito difíceis. Assim como está sendo difícil escrever esta carta hoje.
O Brasil perdeu no domingo!

Não, não foi no futebol. Foi pior.

Torcemos muito, e mais do que isso, entramos em campo pra ajudar. Infelizmente, tinham jogadores atuando contra.

Muita gente, até agora, não entendeu que perdemos, e está comemorando. Esses viram o gol sendo feito e acham que ganhamos. Comemoraram e tudo.

Nem perceberam que foi gol contra, e agora estão esperando o troféu. Tô avisando, mas não escutam. Então, eles vão ter que ver com os próprios olhos o prêmio sendo entregue pros adversários, para acreditarem.

Verão eles receberem nosso petróleo, nossas riquezas. Verão a Amazônia sendo desmatada para exploração mineral, a aposentadoria ir embora (menos a dos militares políticos e do judiciário, esses ficam de fora da reforma). Nosso petróleo indo pro exterior sem pagar imposto (1 trilhão em impostos que não vamos receber).

Enfim, era para receberem só o troféu, mas vão ficar com o nosso estádio, com o nosso país.

E quem comemorou vai perder junto, a não ser que acordem a tempo! Acho que muitos acordarão logo…
Já estamos nas ruas esperando eles!

Um beijo do seu filho,

Ivan