Colunistas

18 de dezembro de 2018, 22h44

Cartas do Pai: “Hortifruti Brasil”

Pro lado de cá só sobrou banana. Como tinha falado em outra carta, eles são pragas, e agora temos uma família de gafanhotos cuidando da horta!

Foto: Arquivo Pessoal

Rio de Janeiro, 18 de dezembro de 2018

Pai,

Impressionante como o Brasil virou um grande Hortifruti de um tempo pra cá. Começamos esta fase com uma fruta fantasma, o Açaí, que deveria ser servido no gabinete de um deputado no Rio de Janeiro. Na verdade, estava curtindo um solzinho em Angra. Mas os eleitores deste deputado acharam tudo normal. Não se importaram em serem enganados, e pagar por uma fruta que não estava no sacolão da Assembleia. Votaram nele assim mesmo.

Enfim, o problema é que estão surgindo outras frutas agora.

A goiaba foi a fruta que veio a seguir. Mas uma goiaba que não parece estar muito boa, não. Ela parece que tem efeitos alucinógenos. Muito perigosa! É uma goiaba que não quer que o gosto das outras frutas apareça, só o gosto dela.

E apareceu agora, a laranja pra rebater essas frutas solitárias, pois surgiu uma plantação inteira! É laranja pra todo lado. Tanta laranja que dá pra fazer até suco! Mas o suco deste laranjal vai todo pro mesmo copo. Menos um pouquinho, que foi pro copo da primeira-dama do Hortifruti.
E olha que o dono do Hortifruti falou que ia administrar para todos, mas até o momento eles estão ficando com as frutas todas!

Veja também:  O mercado e a Globo já decidiram: vão trocar o capitão pelo general

Bem, quase todas. Pro lado de cá só sobrou banana. Como tinha falado em outra carta, eles são pragas, e agora temos uma família de gafanhotos cuidando da horta!

Vamos ver o que vai sobrar pro povo.

Um beijo do seu filho,

Ivan