21 de novembro de 2018, 16h10

Cartas do Pai: “Racismo em alta”

O racismo no Brasil é um dos mais fortes do mundo. Pra piorar, as pessoas vão perdendo a vergonha de assumir, por enquanto, sob a desculpa de “mimimi”. Pra quem não sofre discriminação, tudo é “mimimi”

Foto: Arquivo Pessoal

Rio de Janeiro, 21 de novembro de 2018

Pai,

Ontem foi feriado aqui no Rio. Dia da Consciência Negra. Foi um dia chuvoso, meio triste, bem parecido com a situação de hoje com relação aos negros.

Na verdade, o que precisamos é consciência com os negros!

Fico pensando como vai estar a situação no ano que vem, com um ano desse novo governo, encabeçado por um presidente racista.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Já sabemos que, se depender dele, o porte de arma vai ser liberado e a polícia vai ter carta branca pra matar. Juntando as duas coisas, dá pra ver que vai ter muita gente morrendo e, principalmente, os negros, é claro! Se hoje em dia, negros já são mortos por porte de guarda-chuva e de furadeira, imagina se tiverem uma arma pra se defender, como todo cidadão branco vai poder ter? Vai ser quase um atestado de óbito.

Mas pra um presidente que acha que os portugueses nem pisaram na África, e que foram os próprios africanos que se ofereceram para serem escravos, o que podemos esperar?

O racismo no Brasil é um dos mais fortes do mundo. Pra piorar, as pessoas vão perdendo a vergonha de assumir, por enquanto, sob a desculpa de “mimimi”. Pra quem não sofre discriminação, tudo é “mimimi”.

Triste ver o tanto de gente que não consegue se colocar no lugar do outro.

Vamos tentando abrir os olhos deles.

Um beijo do seu filho,

Ivan

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais