Ivan Cosenza de Souza

cartas do pai

23 de abril de 2019, 21h56

Cartas do Pai: “Salve-nos, Jorge!”

São Jorge, nos salve deste dragão, que é uma fera com os mais humildes e uma tchutchuca com os mais ricos

Foto: Reprodução

Rio de Janeiro, 23 de abril de 2019

Pai,

da minha casa ouço todo ano os fogos da Igreja Matriz de São Jorge, em Quintino, perto daqui. Hoje é dia dele. Meia noite houve fogos e de manhã de novo!

Quando mudei pra cá, no primeiro ano que ouvi os fogos, fui pra janela ver o que estava acontecendo. Parecia Ano-Novo.
Uma festa!

Já fui algumas vezes pra ver. Tudo muito bonito mesmo. Vou aproveitar o dia dele para fazer meus pedidos. São Jorge, salve a aposentadoria dos mais pobres, que este governo quer acabar.

Salve as estatais que geram BILHÕES em lucros para o Brasil, e que o governo quer vender a preço de banana.

Salve as universidades públicas, que o governo quer passar a cobrar mensalidades, impedindo os mais pobres de terem um diploma.

Salve nossa agricultura das dezenas de agrotóxicos proibidos no mundo todo, e que estão sendo liberados por aqui.

Salve a nossa cultura e os nossos artistas. Salve nossa história incendiada e censurada.

Veja também:  Fim de semana é marcado por manifestações em defesa da União Europeia em vários países do continente

Salve-nos deste governo, que perdoa dívidas milionárias de banqueiros, ruralistas e empresários, enquanto tira direitos trabalhistas dos mais pobres.

São Jorge, nos salve deste dragão, que é uma fera com os mais humildes e uma tchutchuca com os mais ricos.

Salve-nos, Jorge!

Pra mim não quero nada não, pai. Só quero ser feliz.

Um beijo do seu filho,

Ivan

*Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum.