Imprensa livre e independente
14 de outubro de 2017, 10h43

Casagrande recebe ameaças de morte após criticar jogadores que apoiam Bolsonaro

O comentarista da Globo criticou Felipe Melo e Jadson

O comentarista da Globo criticou Felipe Melo e Jadson Da Redação* O ex-jogador e comentarista esportivo da TV Globo, Walter Casagrande, afirma que recebeu ameaças de morte após criticar os jogadores de futebol Felipe Melo e Jadson, por apoiarem Jair Bolsonaro. Felipe Melo, jogador do Palmeiras, e Jadson, do Corinthians, apoiaram publicamente à pré-candidatura à presidência do deputado federal Jair Bolsonaro. Após as declarações dos jogadores, o comentarista disse que ambos deveriam ter cuidado na maneira em que estavam se posicionando, alegando que os seus respectivos poderes midiáticos poderiam acabar influenciando muitas pessoas. Defensores de Jair Bolsonaro começaram a criticar Casagrande, fazendo com que ele precisasse trocar...

O comentarista da Globo criticou Felipe Melo e Jadson

Da Redação*

O ex-jogador e comentarista esportivo da TV Globo, Walter Casagrande, afirma que recebeu ameaças de morte após criticar os jogadores de futebol Felipe Melo e Jadson, por apoiarem Jair Bolsonaro.

Felipe Melo, jogador do Palmeiras, e Jadson, do Corinthians, apoiaram publicamente à pré-candidatura à presidência do deputado federal Jair Bolsonaro. Após as declarações dos jogadores, o comentarista disse que ambos deveriam ter cuidado na maneira em que estavam se posicionando, alegando que os seus respectivos poderes midiáticos poderiam acabar influenciando muitas pessoas.

Defensores de Jair Bolsonaro começaram a criticar Casagrande, fazendo com que ele precisasse trocar de número de celular. Segundo o comentarista, ele chegou a receber ligações e mensagens de até ameaças de morte.

*Com informações do JC On Line

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Veja também:  As manifestações não foram por Lula Livre, mas também podem ter sido

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum