15 de março de 2019, 18h16

Cauê Macris (PSDB) é reeleito presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo

Macris, que está em seu segundo mandato como deputado, teve sua candidatura questionada pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro; pouco antes deputados estaduais novos e reeleitos tomaram posse

Foto: Mauricio Garcia de Souza/Alesp
O deputado estadual Cauê Macris (PSDB), fortalecido por uma aliança que envolve, inclusive, o PT, foi reeleito na tarde desta sexta-feira (15) presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Em seu segundo mandato, Macris é apoiado pelo governador do Estado, João Doria, e deverá encampar a agenda do tucano na pauta legislativa. Um dos principais projetos do governo é o de desestatização. Pouco antes da votação, a candidatura de Macris foi questionada pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro. A legenda alega que a candidatura do tucano viola o regimento interno. Após um princípio de bate-boca, a votação ocorreu sem...

O deputado estadual Cauê Macris (PSDB), fortalecido por uma aliança que envolve, inclusive, o PT, foi reeleito na tarde desta sexta-feira (15) presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Em seu segundo mandato, Macris é apoiado pelo governador do Estado, João Doria, e deverá encampar a agenda do tucano na pauta legislativa. Um dos principais projetos do governo é o de desestatização.

Pouco antes da votação, a candidatura de Macris foi questionada pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro. A legenda alega que a candidatura do tucano viola o regimento interno. Após um princípio de bate-boca, a votação ocorreu sem maiores impeditivos e a eleição da mesa diretora foi oficializada.

Contra Macris, concorreram Janaína Pachoal (PSL), que obteve 16 votos, Mônica Seixas (PSOL), da Bancada Ativista, e Daniel José (Novo). Ambos tiveram 4 votos cada.

Mais cedo, os 94 deputados estaduais de São Paulo. foram empossados. Saiba como ficou a configuração da Casa aqui.