Seja Sócio Fórum
19 de setembro de 2016, 18h09

Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial, em SP, é alvo de vandalismo

O local é um serviço da prefeitura de São Paulo, para amparar pessoas que foram vítimas de descriminação racial, além de realizar oficinas, debates, palestras e outras atividades voltadas para a população negra. De acordo com o coordenador do centro, Rodnei Jericó, “um viés racista também não pode ser descartado” Por Redação O Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial, localizado no prédio do antigo Telecentro, na Vila Maria, amanheceu com a placa destruída. O local é um serviço da prefeitura de São Paulo para amparar pessoas que foram vítimas de descriminação racial, além de realizar oficinas, debates, palestras e...

O local é um serviço da prefeitura de São Paulo, para amparar pessoas que foram vítimas de descriminação racial, além de realizar oficinas, debates, palestras e outras atividades voltadas para a população negra. De acordo com o coordenador do centro, Rodnei Jericó, “um viés racista também não pode ser descartado”

Por Redação

O Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial, localizado no prédio do antigo Telecentro, na Vila Maria, amanheceu com a placa destruída.

O local é um serviço da prefeitura de São Paulo para amparar pessoas que foram vítimas de descriminação racial, além de realizar oficinas, debates, palestras e outras atividades voltadas para a população negra.

Segundo informações publicadas no portal Geledés, primeiro picharam a placa e um outro dia que fizeram a depredação.

“Além de ser depredação de patrimônio público, também nos parece que algum setor na localidade não está satisfeito com a implantação do nosso CRPIR. Um viés racista também não pode ser descartado”, diz o texto de Rodnei Jericó, coordenador do centro.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum