ASSISTA
23 de Maio de 2013, 17h55

Cesar Giobbi se despede de Dr. Ruy

  O Brasil perdeu um grande homem. O autor dos históricos editoriais do Estadão que protegeram o país do terror comunista e  ajudaram a deflagrar a Revolução protetora da democracia em 64. Dr Ruy Mesquita morreu e levou consigo um pedacinho do jornalismo brasileiro. Em homenagem, publico trecho de um singelo depoimento que seu ex-funcionário […]

Cesar Giobbi é colunista social e jornalista wando.

 

O Brasil perdeu um grande homem. O autor dos históricos editoriais do Estadão que protegeram o país do terror comunista e  ajudaram a deflagrar a Revolução protetora da democracia em 64. Dr Ruy Mesquita morreu e levou consigo um pedacinho do jornalismo brasileiro.

Em homenagem, publico trecho de um singelo depoimento que seu ex-funcionário e jornalista wando, Cesar Giobbi,  publicou no Facebook:

“Foi muito tocante ver dona Laurita Mesquita ao lado do caixão do homem que foi seu marido por mais de 60 anos, na sala da casa do Pacaembu que foi a sede do clã por tantas décadas. (..) Quando estava lá, lembrei de duas coisas: que não entrava naquela sala desde o fim da famigerada greve dos jornalistas de 1979, quando Dr Ruy chamou para uma conversa, em sua casa, todos os diretores e editores do JT. E lembrei também, vocês vão achar que sou maluco, que toda vez que falava com Dr Ruy pelo telefone, eu ficava de pé, tal o respeito. Não era de caso pensado, era automático, como se ele estivesse entrando em minha sala. E o mesmo se dava quando falava com Mario Covas e FHC. Só eles. Conversando com o Nico Mendonça, hoje, concluí que o século 20 só não terminou hoje, porque FHC ainda está vivo. Os demais grandes homens se foram.

Cesar Giobbi hoje comanda o portal Taste, cujos principais tópicos são: “estilo”, “gourmet”, “destinos”, “motor”, “habitat” e “welness”.


#tags