07 de dezembro de 2018, 10h51

Chamado de infantil, Eduardo Bolsonaro reage e diz que Joice é “sonsa” com “fama de louca”, diz jornal

"Joice, sua fama já não é das melhores. A continuar assim vai chegar com fama ainda maior de louca no Congresso", escreveu Eduardo em grupo de whatsapp do PSL.

Montagem

No bate-boca protagonizado com a deputada federal eleita, Joice Hasselmann (PSL/SP), pelo whatsapp, divulgado pelo jornal O Globo nesta quinta-feira (7), Eduardo Bolsonaro (PSL/RJ) se sentiu ofendido ao ser chamado de “infantil”. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo nesta sexta-feira (7), reagiu acusando a deputada de “atropelar” os correligionários, a chamando de “sonsa” e dizendo que ela tem “fama de louca”.

“Salta aos olhos a intenção da Joice de ser líder [do partido] e assim como já demonstrou na época da campanha ela atropela qualquer um que esteja à frente de seus objetivos (…) Vamos começar o ano já rachados com olhar de desconfiança e cheios de dúvidas”, escreveu Eduardo no grupo.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“Joice, sua fama já não é das melhores. A continuar assim vai chegar com fama ainda maior de louca no Congresso. Favor não confundir humildade com subordinação. Liderança é algo automático, não imposto”, disse, em uma segunda mensagem.

Joice chegou a dizer que o filho do presidente eleito deveria se colocar em seu lugar e insinuou que, em matéria de fama, a de Eduardo pode ser pior.

“Eduardo, não admito nem te dou liberdade para falar assim comigo, ou escrever algo nesse tom. Não te dei liberdade pessoal nenhuma, portanto, ponha-se no seu lugar. Minhas discussões aqui são políticas e não pessoais. Se formos discutir a questão ‘fama’, a coisa vai longe. Então não envergonhe o que seu pai criou.”

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais