18 de novembro de 2018, 09h19

Chanceler de Bolsonaro surta em novo artigo sobre ideias e ideologia

Em um texto confuso, Ernesto Araújo diz que "os brasileiros nos revoltamos contra a ideologia que nos dominou, aberta ou insidiosamente, por muito tempo, sob a forma do marxismo escancardo ou mais frequentemente do globalismo com suas várias vertentes. Agora, essa ideologia tenta metamorfosear-se para seguir dominando (SIC)".

Divulgação

Em novo artigo publicado neste sábado (17) em seu site “contra o globalismo”, Metapolítica 17, Ernesto Araújo, futuro Ministro de Relações Exteriores do Governo Jair Bolsonaro (PSL), de forma confusa e pouca embasada e coesa, faz uma reflexão em um texto com o título “ideologia não, ideias sim”. A nomeação de Araújo fez com que o Brasil virasse motivo de piada no cenário internacional.

No texto, o chanceler diz que “os brasileiros nos revoltamos contra a ideologia que nos dominou, aberta ou insidiosamente, por muito tempo, sob a forma do marxismo escancardo (Nota da redação: provavelmente ele quis dizer “escancarado”) ou mais frequentemente do globalismo com suas várias vertentes. Agora, essa ideologia tenta metamorfosear-se para seguir dominando (SIC)”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Para o futuro ministro de Bolsonaro,”ninguém quer substituir uma ideologia por outra”. “Mas não se deve, tampouco, substituir a ideologia pelo vazio, pelo mecanicismo, pela tautologia, pela superficialidade. Para vencer a ideologia há que voltar a pensar, e não deixar de pensar, sob a desculpa de que qualquer pensamento é ideológico”.

Em meio às idas e voltas do governo do qual fará parte e da dificuldade de expressar os termos no texto, o chanceler diz ainda que “um saudável pragmatismo deve substituir a ideologia”. “Ser pragmático não significa não ter coração. Ser pragmático significa estudar a realidade a partir do que somos e buscar os melhores caminhos para o que queremos ser”.

Ideologia e pragmatismo
Com diferentes significados – sendo o mais comum o conjunto de ideias e visões de mundo que orientam um grupo social -, a ideologia é um termo que foi cunhado pelo filósofo francês Destutt de Tracy para definir a “ciência das ideias”, que recebeu críticas de Napoleão Bonaparte, que dizia que De Tracy e seus seguidores eram “deformadores da realidade”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Dentro do conceito do materialismo dialético do sociólogo prussiano Karl Marx, a ideologia é, em resumo, um conjunto de proposições e ideias criado pela classe dominante para manter seu status e controle da sociedade.

Já o pragmatistmo é uma linha de pensamento filosófico criado, no fim do século XIX, pelo filósofo americano Charles Sanders Peirce, pelo psicólogo William James e pelo jurista Oliver Wendell Holmes Jr. que, basicamento, diz que o sentido de uma ideia corresponde ao conjunto dos seus desdobramentos práticos.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais