Juca Ferreira

22 de maio de 2019, 15h29

Chico Buarque Paratodos

Para libertar o Brasil e o mundo do veneno da ignorância, da truculência e da boçalidade, Chico é o melhor antídoto

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Chico é o vencedor do prêmio Camões 2019, o mais importante prêmio literário da Língua Portuguesa.

O júri resumiu assim a escolha: “Por sua contribuição para a formação cultural de diferentes gerações em todos os países onde se fala a língua portuguesa”.

A poesia, a música, a literatura e a vida de Chico Buarque são universais, mas também falam de nós, brasileiros, com profundidade. Apontam nossas mazelas, exibem nossa graça, nos viram do avesso e não nos deixam esquecer de que viver é resistir com alegria e esperança.

Não poderia haver melhor momento para esse reconhecimento.

Para libertar o Brasil e o mundo do veneno da ignorância, da truculência e da boçalidade, Chico é o melhor antídoto.

Chico Para todos. Viva!

 

Veja também:  Ao contrário do que mostra a grande imprensa, Moro foi hostilizado em jogo do Flamengo