Imprensa livre e independente
08 de novembro de 2018, 19h19

Chico Pinheiro desmente dono da Havan sobre Bolsonaro

“Não é verdade que eu tenha dito que o aumento do judiciário seja uma derrota do presidente eleito Jair Bolsonaro. Sequer trabalho na Globonews”, rebateu o jornalista

Foto: Divulgação O jornalista Chico Pinheiro, da TV Globo, desmentiu o empresário Luciano Hang, proprietário da rede de lojas Havan: “Não é verdade que eu tenha dito que o aumento do judiciário seja uma derrota do presidente eleito Jair Bolsonaro. Sequer trabalho na Globonews”, respondeu. Hang havia usado o Twitter para provocar o jornalista: “Chico Pinheiro da Globo News diz que aumento do judiciário é derrota do Bolsonaro na realidade é uma derrota para todos os Brasileiros. A imprensa continua mentindo”, postou. Hang se notabilizou durante a campanha presidencial. Primeiro tentou forçar os funcionários de sua empresa a votarem em...

Foto: Divulgação

O jornalista Chico Pinheiro, da TV Globo, desmentiu o empresário Luciano Hang, proprietário da rede de lojas Havan: “Não é verdade que eu tenha dito que o aumento do judiciário seja uma derrota do presidente eleito Jair Bolsonaro. Sequer trabalho na Globonews”, respondeu.

Hang havia usado o Twitter para provocar o jornalista: “Chico Pinheiro da Globo News diz que aumento do judiciário é derrota do Bolsonaro na realidade é uma derrota para todos os Brasileiros. A imprensa continua mentindo”, postou.

Hang se notabilizou durante a campanha presidencial. Primeiro tentou forçar os funcionários de sua empresa a votarem em Jair Bolsonaro. Em seguida, teve o nome envolvido no escândalo do WhatsApp, que beneficiou o militar. Depois, iniciou uma campanha nas redes sociais para boicotar a empresa PagSeguro, de propriedade da Folha de S.Paulo.

Veja também:  Zé Dirceu envia áudio antes de voltar à cadeia: “o vulcão já está em erupção”. Ouça

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum