Imprensa livre e independente
12 de junho de 2015, 15h50

Chinesas exibem seus pelos em concurso e quebram tabus

A ativista Xiao Meili provocou discussão ao lançar na internet um concurso chamado “Axilas Peludas”. “Para mim, o meu corpo é o meu campo de batalha”, afirmou uma das participantes sobre as cobranças da sociedade em torno dos padrões estéticos femininos.

A ativista Xiao Meili provocou discussão ao lançar na internet um concurso chamado “Axilas Peludas”. “Para mim, o meu corpo é o meu campo de batalha”, afirmou uma das participantes sobre as cobranças da sociedade em torno dos padrões estéticos femininos Por Redação* A ativista chinesa Xiao Meili provocou discussão ao lançar na internet um concurso chamado “Axilas Peludas”. Segundo ela, a iniciativa tem por objetivo representar a liberdade feminina e a aceitação de seus corpos, sem tantas imposições sociais. Muitas pessoas criticaram, mas outras aderiram à ideia. “Eu amo meus pelos na axila. Eu defendo o cabelo natural, a...

A ativista Xiao Meili provocou discussão ao lançar na internet um concurso chamado “Axilas Peludas”. “Para mim, o meu corpo é o meu campo de batalha”, afirmou uma das participantes sobre as cobranças da sociedade em torno dos padrões estéticos femininos

Por Redação*

A ativista chinesa Xiao Meili provocou discussão ao lançar na internet um concurso chamado “Axilas Peludas”. Segundo ela, a iniciativa tem por objetivo representar a liberdade feminina e a aceitação de seus corpos, sem tantas imposições sociais. Muitas pessoas criticaram, mas outras aderiram à ideia. “Eu amo meus pelos na axila. Eu defendo o cabelo natural, a autoconfiança e a igualdade”, escreveu uma internauta ao lado de uma foto em que aparece com os braços levantados.

Uma das participantes é Li Tingting, que permaneceu detida por mais de um mês junto com outros quatro ativistas por organizar um protesto contra o assédio sexual e a violência doméstica no país. “Acho que este concurso é muito significativo. O consumismo é baseado no gênero. O mercado está abarrotado de todos os tipos de produtos de depilação para as mulheres”, disse em entrevista à BBC. “Para mim, o meu corpo é o meu campo de batalha.”

Veja também:  Arthur Chioro: "Política de drogas de Bolsonaro é desastrosa e um grande retrocesso"

pelos 2

pelos 3

* Com informações da BBC

Fotos: Reprodução/Internet

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum